MADEIRA Meteorologia

Fórum JM: Oportunidades e desafios do Mar em debate a partir das 15h00

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
16 Novembro 2022
13:00

Em Dia Nacional do Mar, a redação do JM recebe esta tarde, entre as 15h00 e as 16h00, um fórum de discussão dos desafios e oportunidades oferecidas pelo mar, reunindo no painel Teófilo Cunha, o secretário regional do Mar e Pescas, Paula Cabaço administradora da APRAM, Nuno Teixeira, da Sociedade de Desenvolvimento da Madeira, e Luís Damião, administrador da Tecnovia.

O Fórum JM será moderado por Miguel Guarda e poderá ser acompanhado em direto através da Rádio JM FM 88.8 e/ou nas plataformas do JM na internet.

Os números relativos a 2021 dão conta de que a economia do mar pesa 10,8% na economia da Região, sendo que a quantidade de pesca descarregada aumentou 6,7% nesse ano, atingindo as 5.190 toneladas e os 14 milhões de euros

Na aquicultura, a produção na Região ultrapassou sempre as 1.000 toneladas em cada um dos últimos três anos e especificamente em 2021 chegou às 1.566 toneladas, com um valor de venda na ordem dos 5,1 milhões de euros, mais 53,2% que no ano anterior. Aliás, apenas o atum e similares e o peixe-espada preto superaram a dourada em termos de importância económica no domínio da pesca e aquicultura.

De resto, neste particular já são também conhecidos os números parciais relativos aos três trimestres de 2022, confirmando-se a tendência de crescimento da aquicultura, contabilizando-se 1.303,8 toneladas de dourada (+17,7%) e um valor de 6,8 ME (+25,6%).

Por mercados, observa-se que 88,5% do valor de vendas diziam respeito ao mercado nacional (Continente e Açores) e apenas 11,3% ao mercado regional. Já no total de pescado descarregado acumulam-se 4.121,4 toneladas (-10,2%) correspondentes a 13,7 ME (+10,4%). Ou seja, menos pescado, mas mais valorizado.

No transporte marítimo de mercadorias, a descarga de mercadorias cresceu face a 2020, mas recuou comparativamente a 2019, com 145 mil toneladas carregadas e 1.019 mil toneladas descarregadas.

No transporte marítimo de passageiros, a linha Madeira-Porto Santo registou um crescimento de 6,9% em 2021, com 257.036 passageiros transportados.

No mercado dos cruzeiros, a recuperação de 2021 foi apenas parcial. Ao longo do ano, foram 125 as escalas na região, movimentando 113.800 passageiros, valores estes praticamente referentes ao derradeiro trimestre do mês, dado que por conta da pandemia o resto do ano a atividade foi praticamente nula.

Em ascendente estiveram as empresas de animação turística com atividades de mar. Assim, das 94 empresas desta natureza existentes no mercado regional em 2017, passou-se para 130 no fecho de 2021, o que representa uma subida de 38,3% em quatro anos.

Também no Registo Internacional de Navios assistiu-se a um forte crescimento nos últimos nove anos, com o sue número a se fixar no final de 2021 nos 708, quando em 2010 era apenas de 142. Quanto às embarcações de recreio, passaram de 86 em 2010 para 120 em 2021.

Nota ainda para o facto de em 2021, 16 praias da Região Autónoma da madeira terem recebido o galardão de ‘praias com bandeira azul’.

David Spranger

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

O que se segue à demissão de Miguel Albuquerque?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas