MADEIRA Meteorologia

CMF hasteou bandeira arco-íris para assinalar dia importante para a comunidade LGBTI

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
17 Maio 2022
11:24

A Câmara Municipal do Funchal (CMF) hasteou, hoje, no Edifício dos Paços do Concelho, junto à loja do Munícipe, a bandeira arco-íris, que representa a comunidade LGBTI, para assinalar o Dia Internacional da Luta contra a Homofobia, Transfobia e Bifobia.

Esta foi uma iniciativa conjunta com a comissão organizadora do Madeira Pride e com a Opus Gay Madeira - Opus Diversidades.

Na ocasião, Pedro Calado, presidente da edilidade, acompanhado pela vereadora Isabel Costa, afirmou que a autarquia pretende contribuir para a prevenção e combate contra qualquer forma de estigma, violência e discriminação, assim como afirmar o papel das entidades públicas no caminho para a igualdade.

De facto, conforme reconheceu o governante, ainda persistem situações de "discriminação e violência" em áreas quotidianas da vida , sobretudo, na escola, na família, no trabalho, na saúde, e no espaço público.

Neste sentido, o autarca defendeu uma maior sensibilização e acompanhamento dos jovens que muitas vezes sofrem com a rejeição da família, tornando a sua integração cívica e plena como um objetivo.

"O hastear da bandeira neste dia é uma conjugação de ‘esforços e de sinergias’ de vários municípios a nível nacional, visando passar uma mensagem de otimismo, de inserção e comunidade cívica plena, com todas as pessoas", declarou.

Zacarias Gomes, coordenador da Associação Madeira Pride, refere que o hastear da bandeira visa passar uma mensagem de "inclusão" muito importante, dado que as pessoas LGBTI estão mais expostas ao "preconceito e à discriminação".

"Pretendemos o apoio à igualdade e à visibilidade", asseverou.

De assinalar que, para além deste hastear da bandeira, a CMF promoverá, ainda este ano, vários debates públicos e iniciativas sobre esta temática.

Redação

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

O presidente do Marítimo tem condições para continuar no cargo após agredir um adepto?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas