MADEIRA Meteorologia

Artigo de Opinião

Nutricionista

18/12/2023 05:00

Querido País Natal, este ano portei-me bem!

Querido País Natal, juro que este ano cumpri com todas as minhas obrigações. Descontei o que devia para o IRS e Segurança Social, coloquei o NIF em todas as faturas e, em momento algum, contestei perante os meus deveres.

Mais, querido País Natal, este ano paguei tudo o que devia pagar: pedidos de documentos nas finanças, licenças nas câmaras municipais, atualizações de terrenos na cadastral e renovação de documentos na loja do cidadão, mesmo aqueles documentos roubados, sem culpa alguma.

Ai, querido País Natal, tenho sido mesmo um cidadão exemplar! Juro! Este ano, paguei todas as despesas familiares que devia pagar, mesmo ficando apenas com cêntimos na conta! Sabes, paguei sem barafustar, a creche e escola cuja mensalidade está com um valor mais alto, a renda da casa que está sempre a subir, as taxas que estão sempre a aumentar e os bilhetes de autocarro que a todos os anos sofrem atualizações.

Fui um bom cidadão. Apoiei os produtores locais e comprei legumes e frutas regionais. Até fiz compras no supermercado e levei, uma data de vezes, uns 3 ou 4 bens essenciais por trinta euros. E acredita que, até comprei uma das tais garrafas de azeite por dez euros.

Ai, querido País Natal, este ano trabalhei, trabalhei, trabalhei, com muita dedicação e descontei, descontei, descontei e ainda paguei, paguei, paguei, sem conseguir poupar um cêntimo.

Não achas, querido País Natal, que me tenho esforçado muito?

Sabes, este ano, até fui às urgências e esperei horas a fio! E ainda continuo, desde o “ataque hacker” ao SESARAM, à espera da remarcação de uma consulta que foi cancelada sem justificação. Tudo, sem reclamar!

Sabes, querido País Natal! No que respeita ao turismo, também sempre fui tão amável com os turistas e recebi-os tão bem. Mesmo com a Ilha esquecer-se de mim e a tornar-se a região de estrangeiros ricos com a plebe regional!

Querido País Natal, eu sei que tu acedes a todos estes pedidos de aumento de preços, rendas, mensalidades, bilhetes, impostos e taxas, verdade?

Agora acho que chegou a minha vez! Peço-te, perante o cumprimento das minhas obrigações, um melhor presente, este ano! É possível?

Sabes, a classe média está a ficar um pouco aflita! Com todos os pedidos a que acedeste, nos outros anos, qualquer dia, nós e os nossos filhos não teremos como nos alimentarmos de forma saudável e muito provavelmente, sem apoio, com o aumento desmesurado dos valores de mercado e arrendamentos, iremos todos viver para a rua!

Ai, querido País Natal, sabemos que, todos os anos, aumentas uns cêntimos o ordenado mínimo e que quem tem primeiro ou segundo escalão, tem descontos em luz, água, creche gratuita e apoio ao arrendamento! Sim é verdade! Mas então e nós? Aqueles que dão tudo o que têm e sustentam o estado, sem reclamar?

Querido País Natal, desculpa, mas, os descontos e pagamentos são cada vez mais e os nossos ordenados, designados por médios, são sempre os mesmos! Não achas que ficamos esquecidos?

Se continuarmos esquecidos, das duas uma: ou mais vale ninguém trabalhar, receber o rendimento mínimo, ter casa do estado, garantindo também as primeiras vagas em todas as escolas, creches praticamente gratuitas, livro grátis e um bom abono de família; ou então temos todos de emigrar e de nos dedicar à fraude fiscal!

Ai! Que nos vais dar este ano, querido País Natal! A nós, os mais cumpridores? Esperamos que seja um belo presente e não, mais pedras no sapato!

Carina Teixeira escreve à segunda-feira, de 4 em 4 semanas

OPINIÃO EM DESTAQUE
Coordenadora do Centro de Estudos de Bioética – Pólo Madeira
11/04/2024 08:00

A finitude da vida é um tema que nos confronta com a essência da nossa existência, levando-nos a refletir sobre o significado e o propósito da nossa passagem...

Ver todos os artigos

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Concorda com a mudança regular da hora duas vezes por ano?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas