CHEGA Madeira sugere alternativa para estrada das Ginjas

Num comunicado enviado à redação, o CHEGA Madeira sugere que o projeto de asfaltagem da estrada das Ginjas seja substituído por um “projecto de recuperação da flora autóctone ao longo do percurso” e que o troço seja substituído por percurso pedonal lúdico turístico.

No entender deste partido, “é incompreensível” que o “estudo de impacte ambiental, consolide os erros e as ameaças, a este património natural, viabilizando o asfaltamento da estrada”. “É também estranho que este estudo, não sugira em alternativa, um projeto que valorize e recupere os habitats degradados”, pode ler-se na nota.

Com projeto alternativo, o CHEGA afirma que “ficaremos com um percurso pedonal empedrado, permitindo a passagem de viaturas da entidade gestora, com a finalidade de garantir a prevenção e combate de fogos florestais, até à recuperação dos habitats intervencionados”, para além de que “permitirá a monitorização e a fiscalização de todas as actividades na área”.

O partido sugere ainda que seja elaborado um percurso de descida em bicicleta (downhill).