MADEIRA Meteorologia

Louros em mobilidade Erasmus+ na Hungria

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
19 Maio 2022
12:22

Quatro docentes e quatro alunas do projeto ‘Be the guardian of the Galaxy yourself’ do programa Erasmus+ realizaram, de 9 a 13 de maio, a sua primeira mobilidade à escola Altalanos Iskolaja, situada numa pequena vila dos arredores de Budapeste, Hungria.

Um dos objetivos deste projeto é desafiar as comunidades educativas parceiras a refletir sobre a eventualidade do planeta Terra desaparecer e de ser necessário construir um novo planeta numa nova galáxia, sendo que cada país será um daqueles. Assim, num trabalho prévio com os alunos de várias turmas na Escola Básica dos 2.º e 3.º ciclos dos Louros, foram recolhidas todas as ideias de um planeta ideal. Posteriormente, as alunas, que participaram nesta mobilidade, construíram um cartaz e uma apresentação multimédia do seu planeta ideal, os quais foram apresentados perante todos os outros parceiros da Hungria, da Itália, da Turquia e da Suécia, numa conferência organizada pelos anfitriões e que teve a presença do deputado do 2º distrito para as questões ambientais.

Nesta semana houve também a oportunidade de apresentar e conhecer as outras escolas parceiras através de pequenos vídeos, participar ativamente em aulas de Inglês, Húngaro e Educação Física na escola anfitriã e assistir a uma ação de sensibilização sobre as alterações climáticas com a professora do Departamento de Ciências Ambientais e Política da Universidade Central Europeia, Diana Urge-Vorsatz, a qual coordenou dois relatórios de avaliação do Intergovernmental Panel on Climate Change, órgão das Nações Unidas destinado a avaliar as mudanças climáticas. Ainda em termos de aprendizagem, as alunas construíram alguns objetos do quotidiano com materiais reciclados.

Na parte cultural da mobilidade para conhecer a magnífica história, arquitetura e arte de Budapeste, os parceiros visitaram, no lado Buda da cidade, a Basílica de Santo Estevão; o monumento da Praça dos Heróis; a Casa da Música; o Parque da Cidade, no qual foram desafiados a encontrar as respostas de um peddy-paper cultural; a Rua Vaci, a mais famosa rua sem carros da capital húngara, centro de lojas, restaurantes e cafés; e o Mercado Central, o maior mercado da cidade, no qual adquiriram algumas lembranças como a famosa paprica fumada do goulash, uma espécie de sopa com carne de vaca guisada. No lado Peste, foram ao Castel Hill, local ideal para observar o lado Buda e o rio Danúbio; a Igreja da Assunção do Castelo de Buda, mais conhecida como Igreja de Mathias; e o Parlamento Húngaro. Os professores disfrutaram, igualmente, de um passeio de barco, com jantar, música e dança tradicionais, no rio Danúbio. Docentes e alunos desta mobilidade, após uma intensa semana de atividades, tiveram a oportunidade de usufruir de uma tradição deixada pelo povo Turco, os banhos (Rudas Spa), ou spas como são hoje conhecidos.

De destacar, por fim, que as alunas foram recebidas e pernoitaram em casa de famílias de alunos da escola húngara, o que potenciou as suas experiências e vivências quotidianas, realizando atividades com as mesmas, quer tenham sido em termos gastronómicos, quer em termos de passatempos e visitas culturais.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

O presidente do Marítimo tem condições para continuar no cargo após agredir um adepto?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas