MADEIRA Meteorologia

Artigo de Opinião

silviamariamata@gmail.com

25/09/2022 08:00

O grande sarilho é quando é preciso levar connosco crianças, elas também para o seu destino, com chuva e nevoeiro e mais a bagagem toda.

De modo que, depois de ouvir na TV, em novembro de 1995, o nosso Dr Alberto João Jardim dizer que quem tivesse alguma reclamação a fazer que escrevesse para as "Cartas do Leitor" do DN, eu enchi-me de coragem e escrevi para que ele e o presidente da CMF, o Dr Miguel Albuquerque, lessem. Ainda tenho esse belisco de jornal que acaba assim: "Venham ver a vereda das Pedras. Tragam as mãos carregadas, com sacos, com pastas, não importa. Mas tragam o coração aberto para viver o dia-a-dia de cada um de nós e venham saber o que é suar em bica para chegar a casa. Venham! Nós precisamos de vós!"

Toda a gente do sítio de São João de Latrão ficou contente comigo! Sim senhora! Muito bem! Vai-se ver isto no que vai dar!

Parece mentira, mas no que deu, em primeiro lugar, foi na visita do senhor padre Tavares da CDU e da sua comitiva. Ele tinha lido a minha prosa no DN, tinha pegado no carro e tinha vindo atrás da camioneta e assim tinha chegado ao meu terreiro. Foi uma pequena revolução. Quem não gostou muito daquilo foi o meu próprio paizinho que dizia "Olha que tu vais ficar na lista negra!" Mas o mestre Adriano começou a dar força e a dizer que todos tinham de estar do meu lado. E assim foi. E assim em paz, recebemos orientações de como chegar até ao senhor presidente da CMF. Fizemos um abaixo assinado com tantas assinaturas. Meu pai foi andando pelo sítio todo à noite, a pedi-las. Não sei nenhuma história desse pormenor, mas acredito que há de haver alguém que ainda se lembre de algum dito engraçado do senhor Guilherme. Depois, fomos em bando para a CMF com uma garrafa de gás às costas e com cartazes a pedir a estrada! Há fotografias no DN e no JM. E dialogámos com o Dr Miguel Albuquerque, que nos elogiou pela forma pacífica e educada como fizemos a nossa manifestação. Falámos também com todos os vereadores com delicadeza, sem reparar nas suas cores políticas, mas sim na sua boa vontade. O nosso presidente da Junta de Freguesia de São Gonçalo, o senhor professor Luís Guilherme Ferreira, visitou-me, a subscrever as minhas palavras no DN e esteve sempre do nosso lado! A todos agradecemos!

Começaram, assim, as obras no nosso sítio, com a empresa "José Avelino Pinto" a transformar a nossa paisagem.

Na festa da inauguração da estrada, chegou o Dr Miguel Albuquerque com uma garrafa de gás às costas, a pagar o presente que lhe tínhamos feito na nossa manifestação! E todos rimos!

Por várias vezes, voltámos à CMF a pedir para que passasse uma camioneta pelo sítio abaixo, sobretudo para tirar os velhos de dentro de casa e para facilitar a vida aos jovens que andam na escola. A resposta é que não era possível por isto e por aquilo. Portanto, ainda hoje, a camioneta vem pelo Caminho dos Pretos, desce um pouco pelo sítio abaixo, larga os passageiros e volta para trás pelo mesmo caminho. Metade do sítio daí para baixo até à estrada da Boa Nova não tem camioneta. Portanto, os nossos velhos que fiquem em casa entramelados! Não é preciso irem para a cidade! Também vão lá fazer o quê? Eles que vão vendo televisão! Pode ser que os filhos lhes deem um passeiozinho qualquer dia, quando puderem. Que triste!

Que pena eu tenho destes velhos que acartaram, logo depois do 25 de abril, os postes para a luz elétrica da nossa vereda! Que pena eu tenho destes velhos que, embalados num sonho, com pás e enxadas, começaram a abrir a nossa estrada! Que pena eu tenho destes velhos que deixaram de comer para dar estudos aos filhos! Que pena eu tenho destes velhos que, na ida para o trabalho, arregaçavam as mangas para desentupir a levada que às vezes transbordava, para os jovens, que desceriam a seguir, não se sujassem a caminho da escola! Guardo estas imagens!

Que pena eu tenho destes velhos que passam os dias amarrados à porta, como barcos encalhados!

Que se pode fazer por estes velhos que nos deram tudo?

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Concorda com a mudança regular da hora duas vezes por ano?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas