MADEIRA Meteorologia

Lixo espalhado perto da escola da Achada torna ambiente prejudicial à saúde pública

Paulo Graça

Jornalista

Data de publicação
25 Junho 2024
12:59

A alegada falta de limpeza na Rua do Cano, localizada atrás da escola primária da Achada, merece críticas por parte de um leitor do JM.

Daniel Gomes garante que o lixo espalhado cria uma situação “insustentável devido à falta de civismo dos moradores e à insuficiência de infraestrutura para gestão de resíduos”, começa por denunciar.

A rua encontra-se “frequentemente repleta de lixo espalhado”, acusa, o que cria “um ambiente prejudicial à saúde pública”. Apesar de existir um contentor de lixo, “este não é suficiente para atender à demanda dos moradores da área”, acrescentando que a combinação “da insuficiência de contentores e a falta de consciência ambiental dos residentes resultam em acumulação de resíduos em via pública, atraindo pragas e provocando mau cheiro”.

  • Lixo espalhado pelo chão.

Destaca ainda o problema acrescido por se tratar de uma área próxima da escola primária, “uma vez que crianças passam diariamente pelo local e estão expostas a possíveis riscos de saúde”.

Segundo Daniel Gomes, é “imperativo que sejam tomadas medidas imediatas para resolver este problema”, aproveitando para solicitar à CMF o aumento do número de contentores de lixo na Rua do Cano e implementar campanhas de sensibilização sobre a importância do civismo e da correta disposição dos resíduos.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Há condições para o Orçamento da Região ser aprovado esta semana?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas