Despiste de Cachon provoca indignação a Miguel Nunes

Daniel Faria

O campeão em título de ralis Miguel Nunes manifestou-se insatisfeito devido ao incidente na prova especial 5, no Palheiro Ferreiro, onde foi mandado parar, devido a um despiste do espanhol Cachon, que acabou por desistir da prova.

"Vínhamos bastante bem no troço, de certeza a recuperar, a corrigir muita coisa em relação à primeira passagem quando de repente vimos o navegador do Cachon a mandar parar, sem nenhuma placa, nem de S.O.S ou de OK. Ficamos preocupados, não via o piloto, fui devagar, a ver se o carro tinha saído de estrada, mas depois de duas curvas vi o carro na estrada e o Cachon também a mandar parar. Vi que o piloto estava bem, passei pelo carro… Mas a organização tem de perceber que uma situação destas prejudica-nos, pois reagimos apenas a um pedido de socorro”, disse, em declarações ao ‘streaming’ do Rali Vinho Madeira.

Resta agora saber o que vai decidir o Colégio de Comissários do Rali Vinho Madeira, que estará já a analisar a situação, no que aos tempos diz respeito.

Recorde-se que Miguel Nunes é terceiro classificado, estando agora a 16,9 segundos de Alexandre Camacho e a 9,2 de Bruno Magalhães, que ocupa o segundo posto.