MADEIRA Meteorologia

Óbito/Manuel Fernandes: Parlamento recorda “legado inestimável” para o futebol português

Data de publicação
04 Julho 2024
18:02

A Assembleia da República aprovou hoje, por unanimidade, um voto de pesar pela morte do antigo jogador do Sporting e da seleção nacional Manuel Fernandes, destacando o seu “legado inestimável” para o futebol português.

O voto, apresentado pela Comissão de Cultura, Comunicação, Juventude e Desporto, recorda o antigo jogador e treinador de futebol, que morreu na quinta-feira passada aos 73 anos.

“Faleceu Manuel Fernandes, ex-futebolista e treinador, uma verdadeira lenda do Sporting Clube de Portugal e da Seleção Nacional, deixando um legado inestimável no futebol português enquanto figura emblemática e inspiradora do futebol português”, refere o voto, a cuja leitura assistiram no parlamento o filho do antigo jogador e o presidente do Sporting, Frederico Varandas.

Manuel Fernandes, nascido em Sarilhos Pequenos, na Moita (Setúbal), em 05 de junho de 1951, notabilizou-se como jogador, sobretudo, ao serviço do Sporting, entre 1975/76 e 1986/87, tendo passado ainda por 1.º de Maio Sarilhense, CUF e Vitória de Setúbal.

Após concluir a carreira como jogador, Manuel Fernandes manteve-se ligado ao futebol, como treinador, orientando Vitória de Setúbal, Estrela da Amadora, Ovarense, Sporting, Campomaiorense, Tirsense, Santa Clara, Penafiel e União de Leiria, sendo que, pelo meio, treinou em Angola, no ASA.

“Ao serviço do Sporting conquistou dois campeonatos nacionais, uma Supertaça e duas Taças de Portugal, sempre demonstrando uma dedicação e paixão incomparáveis pelo clube que representou e onde se tornou o ídolo de uma geração, mas onde também serviu enquanto treinador e dirigente, fazendo de Manuel Fernandes uma das figuras mais importantes da história do clube”, refere o voto hoje aprovado.

Manuel Fernandes teve também uma carreira significativa ao serviço da Seleção Nacional de Portugal, tendo representado a equipa das quinas entre 1975 e 1986 em 31 ocasiões, marcando 7 golos.

“A Assembleia da República, reunida em sessão plenária, manifesta o seu profundo pesar e as suas mais sinceras condolências à família, amigos e colegas pela morte de Manuel Fernandes, o eterno capitão leonino, reconhecendo a sua dedicação e amor ao Sporting Clube de Portugal, bem como o legado que Manuel Fernandes deixou no futebol português, cuja influência se estende para além dos relvados, servindo de inspiração para futuras gerações de jogadores e treinadores”, lê-se no voto aprovado pelo parlamento.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Há condições para o Orçamento da Região ser aprovado esta semana?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas