MADEIRA Meteorologia

JPP entende que XV Governo Regional foi alicerçado numa mentira

Data de publicação
21 Junho 2024
12:51

As palavras são do deputado eleito pelo JPP, Rafael Nunes, e não destoam da própria convicção ontem reforçada pelo líder da bancada parlamentar, Élvio Sousa, que esteve reunido com o representante da República. Consultar notícia, aqui.

Desta vez, é Rafael Nunes a afirmar, em conferência de imprensa esta manhã na Assembleia Regional, que Miguel Albuquerque montou “um governo com base numa mentira”.

“O autor desta situação de instabilidade tem um nome: chama-se Miguel Albuquerque – que nos últimos anos tem levado a Madeira, de crise em crise, de instabilidade em instabilidade. Primeiro retirou do Parlamento a proposta de Orçamento para este ano quando já tinha discussão agendada entre 6 a 8 de Fevereiro – fê-lo propositadamente quando sabia que a sua decisão ia provocar instabilidade e incerteza nas famílias e nas empresas”, enquadrou o vice-presidente do grupo parlamentar do JPP.

Mais disse que o “JPP alertou para as consequências desta decisão. Avisamos que era necessário aprovar o orçamento antes da queda do Governo, que uma demissão antes da aprovação do orçamento iria colocar a região numa crise política ainda mais profunda. Miguel Albuquerque não quis saber e pensou unicamente nos seus interesses pessoais e políticos, batendo com a porta na cara dos madeirenses”.

Rafael Nunes condena igualmente aquilo que classifica ser a instigação de um clima de medo e sustenta: “As obras não vão parar, não haverão despedimentos, os salários vão continuar a ser pagos, os clubes não vão fechar, as instituições sociais não vão paralisar. E prova disso, são as decisões do Conselho de Governo dos últimos dias. Existem contratos-programa com Casas do Povo, contratos com associações, contratos e apoios para o Rally. Até investimentos de milhões de euros em Robots Cirúrgicos. A Madeira não parou e a Madeira não parará!”.

“Miguel Albuquerque montou um Governo como um castelo de cartas, sob um embuste, quando foi garantido que existiriam condições para aprovar o programa de governo. Como se viu, essa garantia não existiu e por isso caiu esta mentira que foi passada aos madeirenses e porto-santenses”, enfatizou.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem vence o Campeonato Europeu de Futebol?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas