MADEIRA Meteorologia

Albuquerque contra os que querem governar sem terem vencido eleições

Data de publicação
21 Junho 2024
12:57

“O sufrágio livre e democrático tem consequências. Quem vai a votos é sempre ajuizado pelos eleitores. E quem vai a votos sabe que a composição de um Parlamento é o reflexo direto da vontade da população”, disse Miguel Albuquerque na sessão solene do dia do concelho da Calheta.

Reportando-se ao acordo que pretende encontrar, Miguel Albuquerque defendeu o sentido de humildade para se chegar à governação.

“A população da Madeira foi submetida a quatro eleições desde setembro e o que pretende é que sejam encontradas soluções para resolver as situações em todas as áreas”, sublinha.

Afirmando que certas forças políticas apresentam um conjunto de disfuncionalidades que as ataca quando acham que estão próximas do poder, Albuquerque lamenta que tenhamos chegado a um momento em que quem perde as eleições, quer governar.

“Não podemos continuar num regime de duodécimos porque isso prejudica toda a Madeira”, apontou, mostrando-se convencido que irá encontrar uma solução para a governabilidade da Madeira.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem vai ganhar o Europeu?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas