MADEIRA Meteorologia

Artigo de Opinião

Bispo Emérito do Funchal

5/03/2023 03:17

Shalom é uma palavra rica de significados que traduzimos nas línguas modernas por PAZ. É uma palavra viva, talvez uma das mais usadas na língua hebraica, mesmo no atual estado de Israel.

O povo árabe também a usa sob a forma de Salama, também como palavra de saudação.

Shalom procede de uma raiz que significa, segundo os casos, de intacto, completo, perfeito, são, de boa saúde, aplicado a uma comunidade, manifesta a sua ordem social, o bem estar esterno. Num sentido mais dinâmico, significa prosperar, gozar de boa saúde e bem-estar espiritual e material, de uma pessoa ou da sociedade. A expressão "estar em paz", quando usada de modo absoluto significa que estamos de boa saúde.

Encontra-se em diversos livros do Antigo Testamento, como no Génesis, Êxodo, Deuteronómio, Juízes, Reis, Salmos, Josué e em Jeremias (20,10) é o amigo, o familiar no qual se deposita a própria confiança. No profeta Ezequiel significa as relações entre o homem e Deus, a felicidade dos tempos messiânicos deriva de um "pacto de paz" que Deus quer estabelecer perpetuamente com o seu povo (Ez.34.25). É interessante e útil conhecer os diversos significados de Shalom, é uma palavra teocrática da religião judaica que se refere a Deus, origem de todo o Bem. No livro do Levítico (26,6), relacionado com o culto a Deus e ao santuário de Jerusalém, Deus promete: "Darei paz à terra, ninguém perturbará o vosso sono e dormireis sem que ninguém vos assuste, farei desaparecer da vossa terra os animais daninhos e não passará pelo vosso caminho a espada".

Quando os sacerdotes abençoavam os filhos de Israel diziam: "Que Deus te abençoe e te guarde, que faça resplandecer sobre ti a Sua face e te conceda a Sua graça. Que volte para ti o Seu rosto e te dê a Paz (Shalom). A paz é sinal da benevolência divina, é uma dádiva que só o Senhor pode conceder aos que o temem e invocam com fé. No Salmo 85, encontra-se um pedido de súplica na provação, todo o contexto parece afirmar que Deus abandonou o seu povo nas mãos dos seus inimigos, de improviso o Senhor "fala de paz ao seu povo e aos seus amados filhos que se voltaram de coração para o Seu Deus." Segundo Isaías, Deus é o autor da paz (Is.47,7), ao mesmo tempo manifesta a Sua glória, e faz resplandecer o Seu poder em favor do seu povo. "O Senhor abençoará o seu povo na paz" (Sal.29,11).

Deus cuida principalmente de Jerusalém, garante a sua segurança contra os inimigos e, com a paz, a prosperidade e a tranquilidade nas suas fronteias.

O número de exemplos na Sagrada Escritura sobre este tema é muito numeroso.

A paz é dom gratuito de Deus. Para a Bíblia, não pode existir verdadeira paz sem a verdadeira justiça. Isaías reveste com palavras sugestivas este encontro da justiça e da paz." O meu povo habitará em mansões de paz, em moradas seguras, em asilo de repouso" (Is.32,15). Na moral bíblica, a justiça é uma virtude fundamental, de tal forma que só nela estão reunidas as outras virtudes. Um homem piedoso, religioso, que cumpre todas as leis, é chamado "justo", nós usamos a palavra "santo," para o ímpio empregamos a palavra pecador, de forma que Deus concede alegria e paz aos justos. Isaías escreve "Não há paz para os malvados, em seus caminhos não há justiça, as suas veredas são tortuosas, quem vai por elas não conhece a paz" (Is.59,8). São Paulo escreve na carta aos cristãos de Éfeso: "Por meio do sangue de Cristo, entrastes a participar nas promessas messiânicas feitas aos judeus". (Ef.6,15). São Mateus (5,9) "Só os construtores de paz, serão chamados filhos de Deus".

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Concorda com a mudança regular da hora duas vezes por ano?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas