Covid-19: Administração Interna recebe segunda-feira partidos para discutir votação

Lusa

A ministra da Administração Interna vai reunir-se na segunda-feira com os partidos com representação parlamentar para discutir "as condições do exercício" do direito de voto nas eleições legislativas de dia 30, anunciou hoje a tutela.

O primeiro-ministro, António Costa, tinha dito hoje em Elvas que o Governo vai ouvir os partidos para se encontrarem "as melhores soluções" para que, apesar do aumento do número de infeções por SARS-CoV-2, "o maior número de pessoas possa votar".

António Costa realçou que as soluções a adotar para os casos de pessoas em isolamento terão que ter em conta as normas, notando que “a lei limita os horários e várias das possibilidades que têm sido aventadas”, sem precisar quais.

“Não podendo haver alteração da lei, temos que, dentro do quadro da lei, encontrar as melhores soluções para garantir o fundamental, que é que o maior número de pessoas possa votar”, insistiu.

Por outro lado, o chefe do Governo frisou que o atual número de casos de covid-19 demonstra que “o risco que era previsto no início da semana passada tem vindo a minorar”, esperando que “a reabertura com cautela na segunda-feira, não prejudique esta evolução”.

Segundo um comunicado do Ministério da Administração Interna, na manhã de segunda-feira Francisca Van Dunem tem previstos encontros de meia hora cada um a partir das 10:00, começando com a Iniciativa Liberal, seguida do Chega, Verdes, PAN e CDS.

À tarde, estão previstos encontros com uma hora de duração, começando às 15:00 com o PCP, seguido do Bloco de Esquerda, PSD e PS.

Portugal regista hoje mais 61 pessoas internadas com covid-19, num total de 1.449, e 26.419 novos casos de infeção e 22 mortes nas últimas 24 horas, segundo o boletim da Direção-Geral da Saúde.

Em unidades de cuidados intensivos, encontram-se internados 150, menos três do que no sábado, e os casos diários de infeção baixaram de 31.541, no sábado, para 26.419.