João Silva isolado nas duas rodas motrizes

Daniel Faria

João Silva dilatou o seu avanço na dianteira da classificação no que diz respeito aos condutores de viaturas de duas rodas motrizes. O piloto que utiliza um Peugeot 208 Rally4 utilizado no Rali Vinho da Madeira tem agora um avanço de 37,1 segundos sobre os seus adversários diretos.

O segundo na categoria é agora Vítor Sá num Citroën DS3 R3T que atacou forte na segunda passagem pelo Palheiro Ferreiro e ultrapassou Rui Jorge Fernandes que, num Renault Clio R3T, é, a meio do segundo dia de competição, terceiro a 3,1 segundos do seu rival no campeonato regional do escalão.

Nos lugares imediatos estão Miguel Caires em Renault Clio Rally4, Roberto Canha num Peugeot 208 Rally4 e Dinarte Baptista com Renault Clio R3. Ivo Sardinha caiu muitas posições com um toque em Campo de Golfe 2.

Nota de destaque para o facto de os pilotos com este tipo de viaturas terem conseguido se intrometer entre adversários muito melhor equipados.