MADEIRA Meteorologia

"Nenhuma empresa fechou por causa do aumento de salários"

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
27 Junho 2023
12:05

Carlos Silva, anterior secretário geral da UGT, também participa nas jornadas parlamentares do PS, que terminam hoje na Madeira.

O ex-dirigente louva as políticas do Governo de António, nomeadamente na política de subida do salário mínimo. O "primeiro ministro aponta que em 2026 o salário mínimo possa chegar ao 900 euros, eu acredito que é possível estar nos mil euros em 2028", partilhou com os deputados.

Neste particular, frisou "que eu tenha conhecimento, nenhuma empresa fechou por causa do aumento do salário mínimo nacional".

"Quero pedir que o PS nunca desista do ouvir a sociedade civil", recordando que enquanto secretário-geral da UGT "assinei cinco acordos de concentração social, porque concordamos", mas alerta que "é preciso que o PS prossiga esta política de aumento de salário, doa a quem doer".

David Spranger

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

O que se segue à demissão de Miguel Albuquerque?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas