MADEIRA Meteorologia

Artigo de Opinião

Advogada

15/12/2021 08:00

Logo, é com alguma perplexidade que escutamos comentários menos felizes, e por parte de quem tem responsabilidades políticas, relativamente à atuação da Polícia Judiciária que prestou um tremendo serviço à Justiça, credibilizando-a, com a detenção de alguém que estava em fuga há quase três meses! Não se desvalorize, com fins eleitoralistas e num tom acintoso, o extraordinário trabalho concretizado por este órgão de polícia criminal pelo simples facto de estar na dependência do Ministério da Justiça. A Política deve orientar-se pelos tais critérios do "bem comum" e já não por um autismo que teima em valorizar o "eu" partidário!

Aprendamos, antes, com o "bom" exemplo que nos vem da Alemanha em que, almejando-se um bem maior, celebrou-se um acordo entre os sociais-democratas, verdes e liberais democratas, tendo sido, previamente, acertados ministérios e responsabilidades! Assim, se vai dando prioridade a um país que durante 16 anos foi governado pela senhora Chanceler Merkel, pessoa ponderada, cuidadora de uma nação, que ignorava as provocações e que durante tal período nunca deixou de fazer compras no supermercado, nem de fazer as suas caminhadas na montanha. Merkel, democrata-cristã (CDU), saiu da governação com um ramo de flores que lhe foi entregue pelo social-democrata Olaf Scholz - olhemos para este testemunho como um sinal de esperança!

Ontem, nos Centros de Estágio da Ordem dos Advogados, teve início o Curso de Estágio de 2021 e na cerimónia de abertura que decorreu no Conselho Regional da Madeira, com a presença de todos os órgãos da Ordem dos Advogados (na Madeira) interpelámos os candidatos à advocacia a pautarem o exercício do tirocínio com comportamentos de dignidade que passarão pela concretização da "boa aplicação das leis, pela rápida administração da justiça e pelo aperfeiçoamento da cultura e instituições jurídicas". Tal como na política, necessitamos de profissionais que se pautam pelo rigor, pela dedicação, pelo zelo, pelo bem e pela verdade. E os Advogados serão, sempre, aqueles que servem "a Justiça, mais do que o Direito e o Direito mais do que a Lei", sendo imprescindíveis à administração e concretização de um Estado de Direito. Que nenhuma sociedade, país, olvide que a Advocacia é um sinal de esperança para quem se encontra numa situação de fragilidade e constitui a porta de entrada para a Justiça!

As palavras do Papa Francisco, em Lesbos, junto dos migrantes, interpelaram a comunidade internacional e devem motivar a adoção de políticas que permitirão transformar o mar de memórias num mar de esperança para todos aqueles que, apenas, procuram fugir da guerra, da forme, da perseguição - "que se pare o naufrágio de civilizações!"

Que neste Natal, junto ao presépio, nos inspiremos na Simplicidade, no Cuidar, na Entrega, no Amor para que 2022 venha repleto de motivação para fazer o "Bem" sem olhar a quem!

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem vai ganhar a Taça de Portugal?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas