Crescimento da economia na Região abrandou em julho

O Indicador Regional de Atividade Económica (IRAE) indicia que, no mês de julho, a atividade económica regional manteve-se em forte crescimento, "pese embora de forma menos pronunciada comparativamente ao mês anterior", divulgou hoje a Direção Regional de Estatística da Madeira.

Como a DREM referiu na primeira divulgação do IRAE, em outubro de 2017, o objetivo do IRAE é “sinalizar o comportamento da atividade económica, nomeadamente no que se refere à sua direção e magnitude das flutuações: se esta se encontra em terreno positivo ou negativo, as acelerações, desacelerações e a identificação de pontos de viragem”.

"O seu valor quantitativo, assume por isso uma importância secundária, não se apresentando o mesmo como um substituto da variação real do Produto Interno Bruto, a ser apurada com um conjunto mais variado e completo de informação estatística, muito embora haja uma forte correlação entre as duas variáveis", refere a DREM.