ANA assume compromissos com o ambiente até 2030

A ANA – Aeroportos de Portugal prossegue atualmente uma estratégia de futuro com objetivos ambientais estratégicos definidos, impondo metas de curto, médio e longo prazo com o intuito de estimular a melhoria contínua do desempenho ambiental da empresa e garantir o crescimento responsável, tendo como foco a preservação do ecossistema.

Promover a economia circular, preservar os meios naturais e reduzir para metade a pegada de carbono são as três metas deste compromisso da ANA.

Na área da economia circular, é objetivo a redução para zero o envio de resíduos para aterro com o aumento da taxa de valorização e reutilização de resíduos.

Para a proteção dos meios naturais, a ANA prevê a redução de 50% do consumo de água e aplicação de zero fitossanitários dos 45 aeroportos do grupo VINCI Airports.

Por fim, visando a redução da pegada de carbono, a ANA propõe-se a reduzir o consumo de energia (com a substituição de lâmpadas por LED, algo já realizado a 100% nos aeroportos da Madeira, e com a otimização de temperaturas do terminal de passageiros). Neste campo, está também prevista a aposta na produção de energia fotovoltaica para autoconsumo e aposta na frota automóvel de veículos com baixas emissões.