Albuquerque admite que a saída dos russos da Região possa se realizar hoje

Bruna Nóbrega e Romina Barreto

Instado a pronunciar-se acerca do voo de repatriamento que está a caminho da Madeira para levar os cidadãos russos que se encontram no arquipélago, o presidente do Governo Regional admite que o transporte possa acontecer hoje.

"Tudo se encaminha para que isso aconteça, porque, como foi dito ontem, até 2.ª feira o que está combinado com o operador é que essas pessoas regressem ao seu destino", frisou o governante, à margem das comemorações do Dia Mundial da Proteção Civil, na Praça do Povo.

Tal como avançou esta manhã o JM, está prestes a aterrar no arquipélago da Madeira o avião da Corendon Airlines, voo CAI501P, para levar cerca de 200 cidadãos russos.

Segundo apurou ainda o Jornal, o voo já vem a caminho e tem origem em Antália (Turquia).