MADEIRA Meteorologia

Artigo de Opinião

Vice-Reitora da Universidade da Madeira

16/04/2024 08:00

Foi recentemente noticiado pelos órgãos de comunicação regionais que a UMa integra o Centro de Excelência para a inovação pedagógica – o SAPIEN – South and Atlantic Pedagogical Innovation & Excellence Network.

O que justifica a criação de Centro de Excelência para a inovação pedagógica no ensino Superior?

Em 2021, a Associação de Universidades Europeias (European University Associations-EUA) lança um documento University Without Walls – a vision for 2030, que refere, entre muitas outros aspetos importantes quando se repensa o Ensino Superior, que ‘a experiência de aprendizagem no ensino superior deve nutrir e permitir o desenvolvimento dos alunos como pensadores criativos e críticos, solucionadores de problemas e cidadãos ativos e responsáveis, equipados para a aprendizagem ao longo da vida. [...] Através do ensino superior, os alunos também devem adquirir competências e conhecimentos de alto nível, incluindo competências empreendedoras, para o seu desenvolvimento profissional.

O que a EUA preconiza neste documento parece não ser compatível com um ensino de índole mais tradicional.

Em 2023, a Agência de Acreditação e Avaliação do Ensino Superior (A3ES) no documento Inovação no Ensino Superior: Cenários e Caminhos de Transformação, refere que: o crescente acesso de jovens ao ensino superior, as exigências do mercado de trabalho e um mundo altamente tecnológico têm colocado problemas de desajustamentos no que concerne às tradicionais metodologias de ensino. Estes três aspetos têm levado as instituições de ensino superior à introdução de novas metodologias de ensino e de maiores exigências associadas às áreas pedagógicas.

Indo ao encontro destas orientações, a Universidade da Madeira integrou um Consórcio para a criação de Centro de Excelência de Inovação Pedagógica no Ensino Superior, liderado pela Universidade Nova de Lisboa, e que tem como parceiros as Universidades do Algarve, de Évora e dos Açores, e os Institutos Politécnicos de Beja, de Portalegre e de Setúbal, e o Egas Moniz - Cooperativa de Ensino Superior, cujo propósito é ‘apoiar o desenvolvimento sustentável de uma cultura e de uma prática profissional de competência e inovação pedagógica promovendo a concretização de práticas de ensino que visam capacitar os alunos para os desafios do presente e do futuro.’

Este projeto pretende oferecer formação aos professores do ensino superior em início de carreira, bem como aos professores de carreira, visando o desenho curricular, as metodologias ativas e o desenvolvimento de competências transversais nos alunos, bem como a avaliação das aprendizagens nestes novos cenários de aprendizagens. Pretende-se incluir ferramentas digitais e softwares que enriquecem os ambientes de aprendizagem, ferramentas de inteligência artificial, realidade virtual e realidade aumentada, metaverso, recursos para o ensino a distância e produção de conteúdos digitais.

O projeto prevê também adaptar espaços de aprendizagem a estas novas formas de trabalho, ou seja, criar mais laboratórios de aprendizagem ativa nas diferentes instituições de ensino superior que integram o projeto.

‘A melhor forma de prever o futuro é (co)criá-lo’ (Peter Drucker).

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

O presidente do Marítimo tem condições para continuar no cargo após agredir um adepto?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas