MADEIRA Meteorologia

Dia Internacional dos Monumentos e Sítios assinalado no Palácio de São Lourenço

Data de publicação
16 Abril 2024
17:43

O gabinete do representante da República revelou que o Palácio de São Lourenço vai assinalar o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios através de várias iniciativas, nos dias 17 e 18 de abril.

A 17 de abril, o Salão Nobre do Palácio acolhe, entre as 14h00 e as 17h00, os Colóquios “Recriação do Baile Oitocentista na Madeira Romântica”. O primeiro, às 14h00, com o tema “Repertório Musical do Séc. XIX para machete”, será proferido pelo Professor Pedro Gonçalves. Às 15h00, o tema “A Sociedade Madeirense nas décadas de 1850 e 1860” será abordado pelo Professor Doutor Rui Carita.

Esta iniciativa está enquadrada num projeto mais amplo no âmbito do Programa de Inovação e Transformação Social (PRINT) da Direção Regional de Juventude (DRJ), que tem como parceiros a DRJ, o Conservatório – Escola Profissional das Artes da Madeira – Eng.º Luíz Peter Clode, aAssociação de Jovens Empresários Madeirenses e o gabinete do representante da República para a Madeira.

“A entrada é livre, mas, atendendo à limitação de lugares disponíveis, requer inscrição prévia pelo tel. 291202530 ou e-mail: gabrr.palacio@gmail.com”, pode ler-se.

No dia 18 de abril, às 10h00, haverá uma visita autónoma ao palácio e jardins, com entrada livre, sem necessidade de inscrição prévia. A informação sobre o percurso está disponível na app “Palácio de São Lourenço”, em português, inglês, francês e alemão, a descarregar livremente.

Às 15h00, a palestra informal “Nos 60 anos da Carta de Veneza: conservação do Palácio de São Lourenço – evolução, prioridades, expectativas”, proferida por Margarida Camacho, responsável pela Área Museológica do Palácio de São Lourenço, abordará o tema destascomemorações.

O tema de 2024, “Catástrofes e conflitos à luz da Carta de Veneza”, assinala os 60 anos desta convenção internacional e reflete sobre o seu papel na atualidade. A Carta de Veneza estabeleceu os princípios internacionais orientadores da conservação e do restauro dos monumentos históricos em 1964. Testemunhos vivos, os monumentos históricos são umpatrimónio comum, cuja preservação para as gerações futuras, com toda a riqueza da sua autenticidade, visa salvaguardar “tanto a obra de arte como o testemunho da história” (artigo 3.º). Nesta ocasião, serão distribuídas cópias da “Carta de Veneza” aos participantes. Entendendo-se o Património Cultural como um projeto de cidadania, esta palestra apela ao envolvimento do público numa reflexão sobre a preservação, salvaguarda e valorização do Palácio de São Lourenço, classificado como monumento nacional desde 1943.

A entrada é livre, requerendo inscrição prévia; distribuição de cópias da “Carta de Veneza” aos participantes através do número de telefone: 291202530 ou e-mail: gabrr.palacio@gmail.com.

Ainda no dia 18, pelas 18h00, o representante da República, Ireneu Barreto, presidirá à sessão de abertura do “XI Encontro Literário de Leitura em Voz Alta - Ler com Amor sem medos e sem limites”, promovido pela Associação Contigo Teatro. Este evento tem entrada reservada aos participantes deste Encontro Literário.”

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem acha que vai governar a Região após as eleições de 26 de maio?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas