MADEIRA Meteorologia

PCP defende subsídio de insularidade para trabalhadores do setor público e do privado

Data de publicação
10 Julho 2024
12:57

O PCP desenvolveu hoje um conjunto de ações de contacto com trabalhadores do setor privado, defendendo no final que estes também devem ter acesso ao subsídio de insularidade nas mesmas condições que os trabalhadores da administração pública.

No final de uma ação de contacto com os trabalhadores do Parque Empresarial da Cancela, Ricardo Lume referiu que “a insularidade distante comporta sobrecustos, na relação comparativa com o continente português, para o exercício das mesmas atividades, no acesso a bens e serviços”. “De uma forma geral, o nível de preços dos bens necessários para o consumo atinge um nível de preços superior ao verificado no continente.”

“Se aos trabalhadores da administração pública regional e local, justamente é atribuído um subsídio que, segundo a proposta do Orçamento da Região para 2024, corresponde a um suplemento remuneratório de 662 euros para fazer face à insularidade distante, por que razão não é reconhecido aos trabalhadores do setor privado direito ao subsídio de insularidade?”, questionou o dirigente do PCP.

“Será que existem trabalhadores na Região que têm custos de insularidade e outros vivendo no mesmo arquipélago não têm? Será que os trabalhadores da administração pública e os trabalhadores do setor privado não fazem compras nos mesmos supermercados? Será que na aquisição de uma habitação ou no pagamento da renda de casa tanto os trabalhadores do setor público e do setor privado não têm os mesmos custos?”, prosseguiu o comunista.

Para Ricardo Lume, “não é aceitável que o Governo Regional, por submissão aos interesses dos grupos económicos privados, não garanta um tratamento igual a todos os trabalhadores da Região”. “Não existem madeirenses de primeira nem madeirenses de segunda. Se é justo um subsídio de insularidade para os trabalhadores da administração pública também é justo que os trabalhadores do setor privado tenham o mesmo direito.”

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Há condições para o Orçamento da Região ser aprovado esta semana?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas