MADEIRA Meteorologia

PAN Madeira exige investigação ao abate de 11 cabras no Curral das Freiras

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
20 Maio 2022
11:06

O PAN Madeira exigiu, através de comunicado, uma investigação ao abate de 11 cabras nas serras do Curral das Freiras, o que entende ser "um verdadeiro crime".

Recorde-se que na última quarta-feira a Polícia Florestal comunicou uma "ação de captura de animais da espécie caprina, em estado selvagem, que se encontravam a apascentar em flagrante contra-ordenação em áreas de difícil acesso junto a uma cabeceira da Ribeira do Cidrão, colocando em causa a conservação do solo, das águas e do coberto vegetal em plena área de Floresta Laurissilva."

Face a esta situação, têm sido várias as críticas ao ato "cruel", sendo que hoje foi a vez do PAN Madeira se pronunciar acerca do sucedido: "Onde esta o sentido ético e humano nestes abates? Decidiram que iam lá matar os animais com que justificação? Por um decreto-lei que em nada faz sentido neste caso? Realmente estão protegidos de qualquer prejuízo. Mas qual prejuízo? Estamos a falar de quê, de um carro? Estas cabras são seres vivos extremamente sociáveis e com altos níveis de empatia, que ainda através da sua forma de comunicar entre si transmitem o que estão a sentir. Onde está o perigo na captura destes animais?"

Na mesma nota, o PAN Madeira diz querer saber "se a Secretaria do Ambiente e a Polícia Florestal não tinham outra forma de lidar com a situação dado que os animais tinham os seus pastores, e estes mesmos afirmam que as cabras estavam dentro dos percursos para serem recolhidos devidamente." "Assim, o PAN Madeira acha desumano tanta atrocidade e atentado à vida destes seres e que no mínimo se achavam que haveria perigo, deveriam era tentar contactar os pastores", refere o partido.

O PAN considera que "nada foi feito" para garantir o bem-estar dos animais, "nem mesmo foi respeitado a sua dignidade como seres vivos." Nesse âmbito, questiona ainda a Secretaria do Ambiente se "realmente é mais ético e correto abater estes animais e os deixar no local sem qualquer tipo de dignidade."

"O PAN Madeira não entende como tal situação pode ocorrer nos dias de hoje. Não se trata apenas de questões ideológicas, mas sim que questões civilizacionais. Vivemos no sec. XXI e exigimos que os nossos dirigentes despertem para estas causas e respeitem com dignidade a vida animal. Exigimos também uma investigação ao sucedido pois o que aconteceu nas serras do Curral das Freiras foi um verdadeiro CRIME!"

Dirigindo-se a João Henrique Freitas, provedor do animal na Madeira, o PAN Madeira apela a que este "não se esqueça que os animais não se resumem apenas aos gatos e aos cães". "Queremos que mostre algum trabalho e que abra uma investigação concreta e imparcial do ocorrido. Exigimos que se levante da sua cadeira e que ponha em função a sua carreira profissional (de que tanto se gaba), e reveja se as leis exigentes se aplicam de facto a esta situação."

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

O presidente do Marítimo tem condições para continuar no cargo após agredir um adepto?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas