MADEIRA Meteorologia

Gonçalo Maia Camelo vai ser candidato a coordenador da IL na Madeira

Data de publicação
19 Junho 2024
12:43

O liberal Gonçalo Maia Camelo vai ser candidato a coordenador da Iniciativa Liberal (IL) na Madeira, após a demissão de Nuno Morna, propondo “reforçar o liberalismo” na região autónoma e “unir o núcleo territorial”.

Em declarações à agência Lusa, Gonçalo Maia Camelo começou por explicar que a candidatura à coordenação da IL é “concreta, apesar de ainda não estar concretizada”, lembrando que o processo eleitoral “ainda não está formalmente iniciado”.

“Mas sim, é obvio, há uma intenção. Já há contactos a decorrer, já há uma equipa quase constituída e, portanto, agora é afinar todos os procedimentos e todos os passos”, frisou.

O número dois da IL às eleições legislativas regionais avançou pretender “reforçar o liberalismo e contribuir para a difusão das ideias liberais e para o crescimento da Iniciativa Liberal”.

“Do ponto de vista interno e do ponto de vista da Madeira, os nossos objetivos são, acima de tudo, unir o núcleo territorial, portanto, unir os membros”, disse, salientando que, apesar de serem “poucos”, é importante que trabalhem “todos no mesmo sentido”, além de abrir o núcleo à sociedade civil.

O advogado de profissão referiu também a importância de trazer para o partido aqueles que “não são necessariamente membros da IL, mas militantes ou que se identificam com o liberalismo”.

“Nós queremos trazer essas pessoas para dentro, para um grupo de reflexão, por exemplo, para construirmos um programa sólido para a política madeirense”, salientou.

Embora reconhecendo andar nas lides políticas ativas há pouco tempo, lembrou que as duas experiências eleitorais recentes – foi cabeça de lista nas legislativas de março e agora número dois da lista da IL para as regionais – refletiram um trabalho “bem desenvolvido” e que lhe deu “uma base de trabalho interessante” para poder avançar com esta decisão, lembrando também que a IL teve em março “a melhor votação de sempre” na Madeira.

Nuno Morna comunicou no domingo ao Conselho Nacional da IL a renúncia ao cargo de coordenador do Grupo de Coordenação Local da Madeira (GCL), considerando ser o momento para uma renovação e criação de novas estratégias, ressalvando que irá manter-se como deputado único eleito da IL no arquipélago até ao final da legislatura.

De acordo com o Regulamento Geral de Núcleos da IL, o coordenador deve ser substituído pelo vice-coordenador, mas quem ocupa atualmente esse lugar, Francisco Costa, informou que não pretende dar continuidade ao seu mandato no Grupo de Coordenação Local.

Neste contexto, deve ser convocado “um plenário eleitoral para eleição de um novo Grupo de Coordenação Local”, indicou Nuno Morna, referindo que a coordenação cessante se mantém em gestão corrente sob a coordenação da Comissão Executiva.

Entretanto, na segunda-feira, o liberal Duarte Gouveia anunciou também a sua candidatura a coordenador da Iniciativa Liberal (IL) na Madeira.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem vence o Campeonato Europeu de Futebol?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas