MADEIRA Meteorologia

Albuquerque considera assalto ‘fenómeno estranho’

Data de publicação
17 Janeiro 2024
17:17

Miguel Albuquerque considera que o assalto perpetrado em Câmara de lobos se trata de um “fenómeno estranho” e “bizarro” por diversas razões.

“Um assalto à mão armada na Região é uma coisa rara e, aliás, o próprio assalto em si, as características é suicidaria. (...) Por outro lado, também acho estranho a própria agência bancária, isto é um comentário, ter um montante daqueles disponível”, apontou o presidente do Governo Regional, esta tarde, à margem de uma visita à Box Woman, no ginásio VivaFit, na Avenida da Madalena.

A este propósito, o governante fez ainda questão de reiterar o facto de os índices de criminalidade serem “residuais” na Madeira, “são dos mais baixos do país e vão continuar a ser”, vincou, acrescentando que a Madeira é uma região com “grandes condições de segurança”.

No entanto, o chefe do executivo madeirense constata que é preciso estar atento e ter “um bom controlo” sobre a migração. “Quem vem para cá trabalhar ter condições de alojamento e de trabalho e ter um controlo que deve ser feito no País e na Região”, rematou

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Qual o seu grau de satisfação com a liberdade que o 25 de Abril trouxe para os madeirenses?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas