Segundo número da revista Arqueologia Moderna e Contemporânea já está disponível

Já está disponível o segundo número da revista AMC – Arqueologia Moderna e Contemporânea, do CEAM – Centro de Estudos de Arqueologia Moderna e Contemporânea.

Segundo explica uma nota enviada à redação, esta segunda edição “reúne os contributos dos congressos internacionais realizados na cidade de Machico (“O Açúcar: Paisagens, Civilização Material e Economia (Séculos XV-XX)”, Madeira) e na cidade de Vila do Porto, ilha de Santa Maria (“Relações transatlânticas entre a Europa, América e as Ilhas Atlânticas”, Açores)”, contando com trabalhos de autores oriundos do continente português, Açores, Madeira, Itália; Brasil e Canárias.

“Agora em formato digital, a AMC procura destacar-se especificamente ao nível das publicações no domínio da Arqueologia dos períodos Moderno e Contemporâneo, ou seja, entre os séculos XV e XXI, adaptando-se às novas exigências impostas pela situação pandémica atual, pretendendo facultar ao público em geral e aos investigadores condições de acesso aos estudos e investigações”, pode ler-se na mesma nota.

A Revista AMC 2 – Arqueologia Moderna e Contemporânea está disponível para visualização no site: https://ceamarqueo.com/2021/02/09/arqueologia-moderna-e-contemporanea-2020/, estando prevista a sua publicação em formato físico em breve.

O CEAM – Centro de Estudos de Arqueologia Moderna e Contemporânea é uma estrutura associativa de defesa do património cultural, sem fins lucrativos, que tem por objeto o desenvolvimento de ações científicas, formativas e de cidadania no que respeita à valorização e à promoção do património cultural arqueológico. Dedica-se ao desenvolvimento de projetos específicos de investigação na área da Arqueologia, História, Geografia, História, Sociedade do Conhecimento e Gestão do Património e ao incremento de projetos na área do património cultural, tendo por base as ferramentas as tecnologias de informação e comunicação.