MADEIRA Meteorologia

Artigo de Opinião

16/12/2023 08:00

O panorama político nacional exige uma resposta à altura do PSD. Ao nosso partido não bastará dizer presente. É-nos exigido mostrar a segurança, a firmeza e a capacidade de passarmos a sermos nós a governar o nosso país. Cá na Madeira deu-se prova disso para a nossa representação parlamentar, numa mistura de elementos com peso político e de relevância na nossa sociedade civil. Uma palavra em especial para a Paula Margarido, uma mulher com provas dadas na sua profissão, cujo currículo dispensa apresentações, e que acredito ser uma excelente escolha pela empatia e simpatia que tem pelo próximo, pelo humanismo e moral que imprime às causas a que está ligada. Vamos à luta.

Verde: E Azul

Sabia que dos 350 casos diários que o Serviço de Urgência do Hospital Nélio Mendonça recebe, metade são verdes e azuis, ou seja, não urgentes? E sabia que existem 9 centros de saúde que disponibilizam Serviço de Atendimento Urgente? É uma questão cívica, de bom senso e boa gestão do tempo, saber utilizar os serviços públicos de saúde. Calheta, São Vicente, Machico e Porto Santo têm serviço de urgência 24h. Ribeira Brava, Santana e Câmara de Lobos têm atendimento urgente das 8 às 22h, e o Bom Jesus das 16h às 24h. Use o seu tempo (e paciência) e o tempo de quem trata de si de forma eficaz. Seja esperto.

Amarelo: Ora chove, ora faz sol

Marcelo Rebelo de Sousa não para de surpreender e em modo “último mandato”, é cada tiro cada melro. O exemplo é simples, quase trágico-cómico e envolve, claro está, António Costa. Se à segunda, terça e quarta-feira, Marcelo acha bem ter dissolvido o Parlamento e ter convocado eleições antecipadas, à quinta-feira julga que o melhor quadro do PS é António Costa, e que este tem todas as condições para, por exemplo, presidir ao Conselho Europeu. Se o sonho europeu não se concretizar, porque não, o homem com uma governação marcada por casos e casinhos, ser a curto prazo candidato à presidência da República Portuguesa? Aos olhos de Marcelo, o céu é aparentemente o limite para António Costa. Pelo menos por hoje, amanhã só Deus saberá.

Vermelho: Café com leite

Desde os tempos do famoso processo do Apito Dourado, que envolvia Pinto da Costa e árbitros que não se falava tanto em meninas brasileiras. Certo é que o assunto das gémeas, a influência ou não de Marcelo Rebelo de Sousa, é assunto mal explicado e que tem feito render notícias, declarações e comentários. Pouco claro será o envolvimento de Marta Temido e Lacerda Sales, Ministra e Secretário de Estado da Saúde à data, que ora se recusam a prestar esclarecimentos, ora negam categoricamente qualquer participação activa. E num caso, já de si pestilento, veio também a Ordem dos Médicos dar um ar de sua graça e anunciar a abertura de um inquérito à actuação de Lacerda Sales, num autêntico atropelo de competências. Independentemente da aparente cunha, da autoria da marcação da consulta para seguimento das gémeas e da posterior administração do Zolgensma, as crianças cumpriam com os requisitos clínicos para a sua administração. O mais gravoso em toda esta novela brasileira é a chico-espertice estridente. É muito comum ouvirem-se os românticos dizer que a saúde não tem preço, mas a saúde tem preço, e esta custou 4 milhões de euros a Portugal.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Há condições para o Orçamento da Região ser aprovado esta semana?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas