Força Aérea transportou 65 pessoas em urgências

Paulo Graça

Um dos sete transportes urgentes de longa distância foi um entre o Arquipélago da Madeira e o Continente. Os outros seis foram dos Açores. No total a Força Aérea prestou auxílio direto a 65 pessoas no último mês. mais de uma dezena foi na RAM.

A Força Aérea Portuguesa informou hoje que durante o mês de setembro realizou 53 transportes médicos, dos quais sete foram de longa distância, seis entre o Arquipélago dos Açores e o Continente e um entre o Arquipélago da Madeira e o Continente. Registaram-se quatro resgates em navio, de um doente cada, realizados pela Esquadra 751 – “Pumas”. A dar apoio ao EH-101 Merlin esteve a Esquadra 502 – “Elefantes” e a Esquadra 601 – “Lobos”. De salientar ainda as 51 missões de apoio ao combate a incêndio que totalizaram mais de 200 horas de voo.