Incêndio numa habitação em Almada deixa três pessoas em estado grave

Três pessoas ficaram em estado grave, por inalação de fumos, na sequência de um incêndio ocorrido hoje numa habitação em Almada, no distrito de Setúbal, disse fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS).

A mesma fonte indicou à agência Lusa que o fogo deflagrou numa habitação localizada na cave de um prédio, no Laranjeiro, no concelho de Almada, tendo o alerta sido dado às autoridades por volta das 09:00.

Segundo a fonte dos CDOS de Setúbal, os feridos foram transportados para as urgências do Hospital Garcia de Orta, em Almada.

Contactado pela Lusa, o segundo comandante dos Bombeiros Voluntários de Cacilhas, Jorge Paulo, precisou que os feridos são dois homens de 47 e 49 anos e uma mulher de 65 anos, com relações familiares entre si.

As chamas destruíram a sala da habitação, situada num prédio de sete andares, na rua Luís de Camões, no Laranjeiro, e o fogo foi extinto às 09:35, adiantou.

O segundo comandante dos Bombeiros Voluntários de Cacilhas disse existirem suspeitas de que um aquecedor de parede que estava junto a um sofá esteja na origem do incêndio.

O combate às chamas mobilizou os bombeiros de Cacilhas e de Almada e a PSP, num total de 18 operacionais, apoiados por seis veículos.