MADEIRA Meteorologia

Trabalhadores dos bares dos comboios da CP suspendem greve após acordo para aumentos salariais

Data de publicação
10 Fevereiro 2024
11:07

Os trabalhadores dos bares dos comboios de longo curso da CP suspenderam a greve que iriam cumprir a partir de hoje após os representantes sindicais terem chegado a acordo com a Newrail para aumentos salariais de 10%.

“A greve foi suspensa porque houve um acordo negociação de aumentos salariais de 10%” disse à Lusa Luis Trindade, da direção do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Hotelaria, Turismo, Restaurantes e Similares do Sul.

A greve que foi suspensa, na sequência deste acordo, teria início hoje e estava marcada por tempo indeterminado, com a exigência de “aumentos salariais dignos” a integrar o leque de reivindicações, a par do “pagamento do trabalho suplementar”, “melhores condições de trabalho”, “cumprimento integral do Acordo de Empresa” e “contra o encerramento e restrições dos serviços de cafetaria e bar nos comboios”.

No comunicado em que anunciou a greve, o sindicato referia que “apesar dos problemas reiterados com a concessão do serviço de cafetaria e bar nos comboios de longo curso [Intercidades e Alfa Pendular] ao longo dos anos a CP optou por voltar a concessionar este serviço a privados através de um contrato de milhões assinado em 2023 com a Newrail, recusando internalizar o serviço e integrar os trabalhadores nos seus quadros”.

A estrutura sindical assinala que “em 2024 o contrato com a Newrail foi renovado por um período mínimo de 3 meses e um máximo de 6 meses”, indicando que em 2023 “os valores atribuídos à Newrail tinham como objetivo pagar os salários em atraso aos 130 trabalhadores e normalizar o serviço de cafetaria e bar nos comboios”.

Neste momento está a decorrer um concurso internacional para a concessão da exploração do serviço, mas tal não constituiu “impedimento que se negociassem aumentos” salariais, referiu Luís Trindade.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

O que se segue à demissão de Miguel Albuquerque?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas