MADEIRA Meteorologia

Mau tempo: Portugal continental com mais de 600 ocorrências nas últimas 24 horas

Data de publicação
09 Fevereiro 2024
8:07

O mau tempo em Portugal continental causou mais de 600 ocorrências desde as 00:00 de quinta-feira, com a região do Algarve a ser a mais afetada nas últimas horas, adiantaram à Lusa fontes das Proteção Civil.

Num ponto da situação realizado pelas 00:15 de hoje, Paulo Santos, oficial de operações da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), referiu que, desde as 00:00 de quinta-feira, registaram-se 532 ocorrências, sem estarem incluídos dados do concelho de Lisboa.

Ao longo do dia a região litoral Norte e Centro foi a mais afetada, enquanto nas últimas horas foi a região Sul, do distrito de Faro, a ter o maior número de ocorrências, detalhou o comandante.

Entre as principais ocorrências, estas estão relacionadas com quedas de árvores e estruturas, por força do vento com rajadas até aos 85 quilómetros por hora e devido ao alagamento dos terrenos, frisou Paulo Santos, acrescentando que não há registo de danos significativos em infraestruturas ou de feridos.

Perante a continuidade do mau tempo nas próximas horas, Paulo Santos advertiu a população que tem de realizar viagens para o fazer “com muito precaução”.

“Durante o dia [quinta-feira] registamos múltiplos acidentes rodoviários. O piso está muito escorregadio, há possibilidade de encontrar lençóis de água, encontrar o piso coberto com água a ocultar algum objeto ou buraco”, alertou.

Fonte dos Sapadores Bombeiros de Lisboa adiantou à Lusa que desde as 13:00 de quinta-feira registaram-se na área de atuação cerca de 80 ocorrências.

Entre as tipologias, registaram-se 17 quedas de estrutura, como painéis publicitários, chapas de obras, andaimes ou janelas, dez inundações em espaços privados, cinco na via pública e oito quedas de árvore, acrescentou a mesma fonte.

Também em Lisboa, uma árvore de “grandes dimensões” caiu sobre o telhado de uma escola básica na freguesia de Alcântara, sem provocar feridos, ainda de acordo com fonte dos Sapadores Bombeiros de Lisboa.

O incidente ocorreu pelas 16:30 e a zona foi isolada pelas autoridades por segurança, sendo que vão decorrer hoje de manhã as ações por parte dos sapadores para remover a árvore.

Até às 17:30 de quinta-feira tinham sido registadas 377 ocorrências em Portugal continental, principalmente nas zonas de Lisboa, Porto e Coimbra, sem registo de vítimas, de acordo com a ANEPC.

A Proteção Civil emitiu na quarta-feira um aviso à população para o risco de cheias e inundações face à previsão de chuva nas 48 horas seguintes.

Poderão ocorrer inundações em zonas urbanas, cheias, deslizamentos de terra e derrocadas, acidentes na orla costeira devido à agitação marítima e lençóis de água ou acumulação de gelo nas estradas.

Onze distritos de Portugal continental estão hoje sob aviso amarelo, devido à previsão de chuva “por vezes forte”, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Porto, Aveiro, Braga e Viana do Castelo são os distritos que estarão sob aviso amarelo por um período mais longo, entre as 06:00 e as 18:00 desta sexta-feira.

Já o alerta para Viseu, Vila Real, Leiria e Coimbra é válido entre as 06:00 e 15:00, enquanto para Bragança, Guarda e Castelo Branco decorre entre as 09:00 e as 15:00.

Os distritos do Porto, Faro, Setúbal, Lisboa, Leiria, Beja, Coimbra e Aveiro estão hoje sob aviso amarelo devido ao vento, entre as 10:00 e as 18:00, à exceção de Faro, que decorre até às 21:00.

Devido à agitação marítima, entre hoje e sábado, Setúbal (entre as 15:00 de hoje e 10:00 de sábado) e Beja e Lisboa (entre as 15:00 de hoje e as 03:00 de sábado) estarão sob aviso laranja.

No Porto, Faro, Viana do Castelo, Beja, Aveiro, Coimbra e Braga o alerta laranja devido à agitação marítima decorre entre as 15:00 e as 00:00 de sábado, à exceção de Faro, que termina às 03:00 de sábado.

OPINIÃO EM DESTAQUE
Coordenadora do Centro de Estudos de Bioética – Pólo Madeira
15/02/2024 08:00

A integridade é uma qualidade humana que transcende a mera conduta ética; é um compromisso profundo com a verdade, a coerência e a honestidade consigo...

Ver todos os artigos

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

O que se segue à demissão de Miguel Albuquerque?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas