MADEIRA Meteorologia

Hospitais londrinos vítimas de ataque informático tiveram de cancelar operações

Data de publicação
04 Junho 2024
20:07

Os principais hospitais de Londres, no Reino Unido, foram hoje obrigados a cancelar operações, após terem sido vítimas de um ataque informático contra um fornecedor de serviços, segundo notas internas.

O ataque, que atingiu a empresa Synnovis, teve um “grande impacto” em vários serviços, incluindo nas transfusões de sangue, de acordo com as informações publicadas nas redes sociais.

Segundo a AFP, foram afetados os hospitais do centro de Londres King’s College Hospital, Guy’s e St Thomas’.

“Posso confirmar que o nosso parceiro de patologia, Synnovis, sofreu um grave incidente informático hoje cedo, que ainda está a decorrer”, escreveu o presidente do Guy’s and St Thomas NHS Foundation Trust, Ian Abbs.

Segundo Ian Abbs, esta situação está a ter “um grande impacto” na prestação dos serviços, sendo as transfusões de sangue particularmente afetadas.

“Algumas atividades já foram canceladas ou redirecionadas para outros centros”, adiantou o responsável.

Mark Dollar, diretor executivo da Synnovis, confirmou que a sua empresa tinha sido vítima de um ataque e pediu desculpa aos doentes.

“Estamos a tentar compreender exatamente o que aconteceu”, disse, avançando que os seus peritos estavam “a trabalhar para determinar todas as consequências (do ataque) e para tomar as medidas adequadas, conforme necessário”.

O diretor executivo da Synnovis assegurou que a empresa está a fazer o seu melhor para “minimizar as consequências”, sublinhan do que irá manter-se em contacto com os serviços locais do NHS para os manter informados do resultado.

Afirmando que a sua empresa leva a cibersegurança “muito a sério”, Mark Dollar referiu que “este tipo de ataque pode acontecer a qualquer pessoa em qualquer altura”.

“ E, infelizmente, os indivíduos por detrás (destes atos) não têm escrúpulos em relação às pessoas afetadas pelas suas ações”, sustentou.

De acordo com o Health Service Journal (HSJ), que citou uma fonte qualificada, serão necessárias “semanas e não dias” para obter os resultados dos exames patológicos na sequência deste ciberataque.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem vence o Campeonato Europeu de Futebol?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas