Fórum Cibersegurança: "Neste momento, estamos numa ciberguerra"

Catarina Gouveia

Com o mundo de olhos postos no início da guerra com a invasão russa à Ucrânia, o especialista em segurança e proteção de dados da XIS Group, Vitorino Gouveia, defende que "neste momento, estamos numa ciberguerra”.

No Fórum Cibersegurança, o responsável justificou que mesmo antes da entrada das tropas russas na Ucrânia, houve um ciberataque às comunicações, aos bancos e à energia, algo que por si só “fragiliza o adversário em termos de comunicação” e com isso é possível levar a cabo “um ataque mais assertivo, em terra”.

Vitorino Gouveia fala até numa “Guerra Fria digital”, em que fisicamente estamos a olhar para a fronteira entre a Rússia e a Ucrânia, mas digitalmente vários países se colocam contra a Rússia – “não é à toa que o site do Kremlin esteve indisponível esta noite” – e a Rússia se opõe a organizações de todo o mundo.

“O espaço geográfico não existe na internet, e na internet não temos polícias”, avisa.