MADEIRA Meteorologia

Funchal abre Galeria de Arte ‘IMPULSO’ na Zona Velha

Data de publicação
22 Abril 2024
18:10

Decorreu, hoje, no Salão Nobre, a apresentação da 2ª edição do projeto ‘IMPULSO’, dinamizado pela Câmara Municipal do Funchal, através do Departamento de Cultura.

O projeto, lançado em 2023, “tem por objetivo apoiar anualmente jovens artistas entre os 18 e os 25 anos, para que possam desenvolver os primeiros projetos artísticos, fazendo da arte a sua própria profissão”, destacou a presidente da autarquia.A edição 2024 tem a participação de 5 artistas no projeto, que decorrerá de 10 a 12 de julho, no Teatro Municipal Baltazar Dias e no Auditório do Jardim Municipal: Laura Aguilar (teatro), Rodrigo Rodrigues (dança), Simão Duarte (música), Ana Jeez (artes visuais), Michel Freitas (cinema).

Na ocasião, Cristina Pedra anunciou a abertura de uma Galeria de Arte “inédita” a nível regional que terá o mesmo nome do projeto ‘IMPULSO’.

O espaço localizado na Zona Velha funcionará a tempo inteiro e permitirá que um jovem tenha três exposições de artes visuais ao longo do ano.A edil assume que a Galeria surge da necessidade de colmatar a falta de espaços expositivos e de trabalho criativo abertos aos jovens para “expo”, “produzir” e “comercializar” a sua própria arte.

Sandra Nóbrega, diretora do Departamento da Cultura, sublinhou que o projeto implica, anualmente, um investimento em cada jovem artista no valor de 5 mil euros.

“É um projeto que faz mover, estimular e incentivar a produção artística”, frisou. No âmbito deste projeto, a Câmara Municipal do Funchal convida um jovem curador(a) para programar o IMPULSO que define um tema orientador da programação.

O espaço’ IMPULSO’ receberá três exposições anuais: duas a convite do curador e a terceira selecionada através da open call. Todos os intervenientes têm direito a um mês de residência artística no espaço, com porta aberta para a criação da exposição que fica aberta ao público por 3 meses, sendo que durante os mesmos cada um será responsabilizado por organizar uma inauguração, uma conversa com os artistas e um evento de encerramento.

No final de cada ano, será lançado um catálogo que resume a atividade dos artistas.

Cristina Pedra reiterou “aposta clara” do atual executivo Municipal nos jovens: “queremos dar meios e ser uma ferramenta para fazer nascer muitos jovens artistas e consolidarem como atividade, também, profissional”.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem acha que vai governar a Região após as eleições de 26 de maio?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas