Grupo Sousa quer isenção da ETS nos transportes marítimos

Alberto Pita

Duarte Rodrigues, administrador do Grupo Sousa, defendeu hoje que a eliminação da taxa ETS também seja aplicada aos transportes marítimos - e não sou ao transporte aéreo - e que não haja restrições na velocidade dos navios porta-contentores para a Madeira, porque limitaria a capacidade competitiva da região.

Duarte Rodrigues considera que esses dois aspetos, que estão em discussão no parlamento europeu, precisam ser considerados, atendendo a que a Madeira sofre uma desvantagem natural por ser uma região ultraperiférica.

Depois de terem estado reunidos com a Administração de Portos da Madeira e com a empresa Horários do Funchal, tendo inclusive feito um ‘tour’ pelas zonas altas num autocarro 4x4, os deputados da delegação do Parlamento Europeu estão agora na Gaslink, do Grupo Sousa, na estação dos Socorridos.