Albuquerque diz que Unidade de Alzheimer é única e singular

Carla Ribeiro

O presidente do Governo Regional agradeceu todo o bem que o padre Bernardino Trindade tem feito nos últimos anos no apoio aos cidadãos mais vulneráveis. Miguel Albuquerque sublinhou que o agradecimento estende-se a toda a equipa que soube transformar a Unidade de Alzheimer 'Dragoeiro' num centro de excelência.

Considerando que as pessoas estão muito pessimistas, Miguel Albuquerque diz que o Mundo mudou para melhor. Agora, prosseguiu, o sucesso tem feito com que as pessoas vivam mais e tenham um conjunto de doenças degenerativas. No entender do chefe do Executivo madeirense, temos que estar cada vez mais preparados para tratar os nossos cidadãos mais vulneráveis. Após uma visita à Unidade de Alzheimer na Ribeira Brava, Albuquerque realçou que o espaço é único e singular.

A história da Unidade de Alzheimer surgiu em 2014 com a aquisição de um imóvel no valor de 250 mil euros. E custou quase 2 milhões de euros. O bispo da Diocese espera que unidades como esta surjam noutras zonas da Madeira. Ricardo Nascimento, presidente da Câmara da Ribeira Brava, elogiou a obra a cargo do Centro Social e Paroquial de São Bento. Este teve uma visão futurista, conforme defendeu o edil. Num discurso emotivo, Ricardo Nascimento lembrou que ninguém está livre da doença Alzheimer e destacou a importância do centro para muitos cidadãos madeirenses. A obra é fruto da união de esforços, conforme sublinha Ricardo Nascimento, que aproveitou a visita de Albuquerque para agradecer a paciência para os apelos feitos.