MADEIRA Meteorologia

PS defende mais rendimentos para os agricultores e valorização dos produtos regionais

Data de publicação
19 Maio 2024
16:21

A valorização dos produtos regionais e o aumento dos rendimentos dos agricultores madeirenses serão uma realidade com um Governo Regional do Partido Socialista.

A garantia foi deixada esta tarde por Paulo Cafôfo, durante uma visita à Festa da Cebola, no Caniço, momento em que evidenciou a qualidade deste produto regional, mas lamentou o declínio que tem vindo a ser observado nesta cultura emblemática madeirense. “Temos aqui uma Festa da Cebola praticamente sem cebola regional, o que é sintomático daquilo que tem sido a desvalorização do produto regional”, afirmou.

O presidente do PS-M disse que tem havido uma falta de previsibilidade por parte do Governo Regional, seja no que diz respeito ao esgotamento dos solos, seja no que concerne às doenças e pragas. Por outro lado, criticou o Executivo por não ter vindo a atuar com mecanismos de compensação, nomeadamente um fundo de mobilização rápida para cobrir os prejuízos sentidos pelos agricultores, neste caso os produtores de cebola.

“Aquilo que temos visto mais é este apoio ser dado só nas vésperas das eleições, quando interessa ao PSD ter votos”, denunciou Paulo Cafôfo.

O candidato do PS-M à presidência do Governo Regional preconiza, por isso, uma transformação daquela que é a valorização dada ao produto regional e aos agricultores, defendendo o aumento dos rendimentos, não só dos produtores de banana, de cana e uva, mas também dos produtores de cebola ou outros produtos que “têm sido menosprezados”.

No âmbito do Estatuto da Agricultura Familiar, Cafôfo defendeu ainda um regime especial contributivo e uma melhor proteção social para os agricultores madeirenses.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas