MADEIRA Meteorologia

JPP alerta para “armadilha dos partidos extremistas”

Data de publicação
24 Fevereiro 2024
12:07

O cabeça de lista do JPP à Assembleia da República, Filipe Sousa, apontou, ontem, as “incoerências do PSD e do PS”, que considera que “muito têm prejudicado os madeirenses”.

O candidato criticou os dois partidos que “nem sempre fizeram a defesa da Madeira na República, manietados que estão pelas direções partidárias nacionais”, alertando aos madeirenses para “não se deixarem enganar pelos partidos extremistas, com gente que saiu dos partidos tradicionais e que agora tentam arranjar um lugar ao sol para depois fazerem o que sempre fizeram: esquecer os problemas da população”.

Deste modo, sublinhou que nestas eleições o JPP “apresenta-se como um puro sangue madeirense”, particularidade que “é de destacar num panorama político que é, há muito anos, dominado por uma bipolarização política entre o PS e o PSD, que deram já mostras, por diversas vezes, de não defenderem os interesses da Madeira, nem resolverem os problemas estruturais do país”. Filipe Sousa deu o exemplo de uma iniciativa que foi aprovada na Madeira para redução do IVA e que depois foi chumbada na República pelos mesmos partidos que aqui tinham votado a favor. “São dominados pelo poder de Lisboa e votam contra a população madeirense”, afirmou o candidato do JPP.

“São doentes abandonados à porta dos hospitais, são idosos esquecidos com pensões de miséria, são quase um milhão de jovens a sair do país, porque aqui não encontram trabalho. Isto revela que o PS e o PSD não resolveram problemas estruturais no emprego e em muitas outras áreas”, sustentou, afirmando que o JPP é “uma voz das ilhas por Portugal e a favor das muitas ilhas, geográficas e sociais”.

O cabeça de lista do JPP aproveitou ainda a apresentação da candidatura para alertar os madeirenses no sentido de “não se deixarem iludir por extremismos e pelos mesmos de sempre, com as mesmas promessas que provaram nunca cumprir”. “Há partidos que se aproveitam deste descontentamento que resulta da falha da governação PS e PSD”, vincou, prevendo que na próxima semana a Madeira seja “invadida pelos líderes nacionais dos partidos com as promessas de sempre”.

Filipe Sousa concluiu que “são estas incoerências que queremos demonstrar ao povo madeirense para que não se deixe enganar, quer pelos que sempre enganaram o povo, o PS e o PSD, quer pelos novos partidos extremistas, compostos por pessoas que saem destes partidos tradicionais para tentarem arranjar um lugar ao sol e esquecerem os problemas reais da população”, alertou.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Qual o seu grau de satisfação com a liberdade que o 25 de Abril trouxe para os madeirenses?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas