MADEIRA Meteorologia

Francisco Gomes acusa secretária de estado de mentir aos pescadores

Data de publicação
10 Junho 2024
10:26

Francisco Gomes, deputado do CHEGA na Assembleia da República, acusou, hoje, a Secretária de Estado das Pescas, Claúdia Monteiro de Aguiar de mentir aos pescadores madeirenses e de gerir o sector com incompetência.

Numa nota enviada à redação, após uma visita à lota do Funchal, o parlamentar apontou os cortes nas quotas pesqueiras, a proibição das pescas nas Selvagens e a sugestão de ainda mais defeso no sector como provas da falta de conhecimento da governante.

Para o deputado, a secretária de Estado, tal como os líderes regionais, não têm soluções para o problema das quotas, nem poder de iniciativa para encontrar alternativas viáveis. Por isso, na sua opinião, devem assumir os erros que têm cometido ao longo dos anos e reduzido um setor com enorme potencial a uma atividade empobrecida e quase residual.

“A atual secretária das Pescas, quando estava em Bruxelas, foi vice-presidente da Comissão das Pescas durante dez anos. Nesse tempo, a única coisa que fez pelos pescadores foi empurrá-los para a miséria. Agora, vem com falinhas mansas dizer que vai fazer o que nunca fez quando estava em Bruxelas. É preciso não ter vergonha da cara!”, condenou.

Francisco Gomes mais considerou ser uma ofensa aos pescadores que a secretária de Estado sugira um aumento do período de defeso e critica o desinteresse que Cláudia Monteiro de Aguiar sempre demonstrou quanto às pescas quando era eurodeputada.

“Os pescadores querem trabalhar, mas a Secretária das Pescas quer mandá-los para casa. Ela esquece-se que está a falar com gente honesta, que quer ganhar a vida e não viver de subsídios. Porque é que ela não começa por explicar quem é ganhou com a venda das quotas da Madeira? Ou não há culpados nesta história?”, indagou.

Para o futuro, o deputado exige que os governantes falem aos pescadores com verdade e que se empenhem na defesa dos madeirenses, em vez de continuarem a alimentar cenários falsos, apenas por interesse político.

“Foi graças ao governo regional e a governantes como a atual Secretária de Estado que a Madeira viu as quotas cortadas e que os pescadores quase que passam mais tempo em terra do que no mar. Se fossem os empresários do regime, tudo estava resolvido. Mas, estamos a falar de famílias do Caniçal e de Câmara de Lobos, a quem o PSD e a ex-eurodeputada passam a vida a enganar”, terminou.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas