MADEIRA Meteorologia

Desemprego na Madeira volta a registar a maior diminuição do país e recua a mínimos históricos

Data de publicação
21 Maio 2024
11:53

Só recuando a agosto de 2005 para encontrar indicadores de desemprego tão baixos na Madeira, conforme denota a Secretaria da Inclusão e Juventude.

“São dados positivos a Região, publicados hoje pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) e que voltam a colocar a Madeira como a Região que mais baixou o desemprego registado face ao período homólogo. São cerca de menos dois mil desempregados (1 933) desde abril 2023.Todas as outras regiões, à exceção dos Açores (menos 13.2%), registam aumentos homólogos, resultando num crescimento do desemprego de 7,8% para a média nacional”, refere o comunicado daquela secretaria.

“Feitas as contas, estavam registados no Instituto de Emprego da Madeira (IEM), no final de abril 7.092 desempregados, representando ainda uma redução de 5,9% face ao mês anterior (menos 444 inscritos). Ainda face ao mês anterior, destaque para o aumento das ofertas de emprego (mais 32,9%) redução do desemprego jovem (menos 4.9%), e diminuição do desemprego de longa duração de 4,4%”, é complementado.

“Estes dados indicam uma tendência positiva na redução do desemprego na nossa Região, com melhorias significativas em vários setores e grupos demográficos. Uma vez mais, os indicadores publicados, esta terça-feira, acompanham a evolução positiva da economia regional e refletem o trajeto ascendente que a região tem tido nos últimos anos”, diz Ana Sousa, Secretária Regional com a tutela do Emprego.

Recorde-se que no passado dia 8 de maio, segundo dados publicados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) e a Direção Regional de Estatística da Madeira (DREM), referentes ao primeiro trimestre de 2024, a Região Autónoma da Madeira atingiu novo máximo histórico de população empregada (134,1 mil pessoas inseridas no mercado de trabalho) e voltava, assim, a registar a taxa de desemprego mais baixa do país, fixando-se nos 6.1%.

Diferença entre Taxa de Desemprego e Desemprego Registado

Calculada pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), a taxa de desemprego é sempre relativa aos trimestres, enquanto que o desemprego registado é calculado, mensalmente, pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) e refere-se ao número de desempregados inscritos nos Centros de Emprego do país.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas