Morreu o cantor Aaron Carter, irmão de Nick Carter dos Backstreet Boys

Lusa

O cantor e ator Aaron Carter, irmão do membro dos Backstreet Boys Nick Carter, foi encontrado morto hoje na sua casa de Lancaster, em Los Angeles, avançou o site especializado em celebridades TMZ.

A morte do 'rapper' e antiga estrela infanto-juvenil, agora com 34 anos, foi mais tarde confirmada pelo representante do seu irmão à imprensa norte-americana, mas a causa da morte ainda não foi revelada.

Carter começou a carreira a abrir um concerto do grupo do irmão com apenas 10 anos e pouco depois lançou um primeiro álbum, com o seu próprio nome, que foi disco de ouro.

Em 2000, o irmão mais novo de Nick Carter expandiu a sua produção discográfica com "Come and Get It", configurando as bases do seu estilo, ligado à música eletrónica e à dança, com um impacto tal que atingiu o estatuto de platina tripla.

No seu papel de ator, Carter apareceu em séries de televisão como "Lizzie McGuire" ou "Sabrina the Teenage Witch", outros reality shows como "Dancing With the Stars"; protagonizou uma série de família não escrita intitulada "E! House of Carters", e até se entregou na Broadway com "Seussical the Musical".

O álcool e a marijuana causaram danos na sua figura, perdendo a custódia do filho e entrando em vários centros de reabilitação para tentar ultrapassar o vício.

Esta situação afetou a sua produção artística, que foi reduzida a tal ponto que o seu último álbum, "LØVË", remonta a 2018.