Kátia Aveiro denuncia "falhas" para quem está internado e lança apelos

Internada no Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal, após infeção por covid-19, Kátia Aveiro usou as redes sociais para fazer um apelo para melhorar as condições das unidades de saúde e combater a solidão de quem está a debelar a doença.

“Uma coisa boa que este internamento me trouxe foi ver de frente a classe destes profissionais e as falhas que tanta falta fazem nestes quartos isolados de hospital”, escreveu a irmã de Cristiano Ronaldo, que lembrou a solidão de quem está em quartos de hospital.

“Não tem TV… Em nenhuma das alas nem para entreterem… e tem gente que fica aqui dias e dias sem visitas”, continuou lamentando ainda que haja “velhinhos que não sabem mexer num telemóvel e que a única coisa que têm é parede”, e que os funcionários tentam dar a atenção que podem, no meio do volume de trabalho que têm em mãos.

Por isso, a irmã de Cristiano Ronaldo pede consciência e responsabilidade social. “Onde está o apoio para estes serviços”, inquire. “Se este é o meu karma, então estou feliz por estar aqui, ver com olhos de ver e tentar ajudar (…) estou a fazer o meu apelo (telefonemas) e a minha parte”, acrescenta.