Morreu antigo baterista e fundador dos Slipknot Joey Jordison

Lusa

O antigo baterista e membro fundador da banda norte-americana de 'heavy metal' Slipknot Joey Jordison morreu na segunda-feira aos 46 anos, disse, na terça-feira, a família à revista Rolling Stone.

"A morte de Joey deixou-nos com o coração vazio e um luto indescritível", disse a família numa declaração enviada à revista, na qual não especificavam a causa da morte, dirigida àqueles que conheciam o músico e compreendiam "o humor aguçado, personalidade amável, coração enorme e amor por tudo o que tinha a ver com a família e a música".

Jordison formou a banda Slipknot, no estado do Iowa, em 1995, com o baixista Paul Gray e o percussionista Shawn Crahan, e deixou a formação em 2013. Numa entrevista, três anos mais tarde, o baterista afirmou que tinha sido expulso.

Pouco antes de deixar a banda, Jordison anunciou que tinha sido diagnosticada mielite transversal, causada por esclerose múltipla, o que o levou a não poder tocar.

Enquanto integrou a banda, a popularidade dos Slipknot disparou, atingindo várias vezes o 'top' 10 na tabela Billboard 200, alcançando a primeira posição em 2008 com o álbum "All Hope is Gone".

Além de tocar com os Slipknot, Jordison também tocou guitarra com os Murderdolls, bateria com Scar the Martyr e recentemente também com Sinsaenum.

Joey Jordison é o segundo elemento da banda a morrer, depois de em 2010, o baixista dos Slipknot Paul Gray não ter resistido a uma overdose de morfina.