MADEIRA Meteorologia

Artigo de Opinião

AQUINTRODIA

25/06/2024 08:00

JÁ VEM ACOLÁLÉM.

É a 13 e 14 de Julho. Coloque na agenda. Não perca.

A Vila da Camacha prepara-se, com a motivação que a caracteriza, para a quinta edição da sua Mostra Etnográfica: CAMACHA DE ONTEM – MADEIRA DE SEMPRE!

É uma viagem ao passado recente, balizado entre meados dos séculos XIX e XX, mais concretamente, entre 1850 e 1950.

Um passado que transportamos nos genes, em hábitos e costumes que nos caracterizam, e que serão apresentados, relembrados, revividos por 500 figurantes trajados à época, com rigor e autenticidade.

Celebrando-se este ano o centenário do Externato Nuno Álvares / Capela de São José, localizada a sul do Largo da Achada, construída por iniciativa do jovem camacheiro, Abel Ferreira de Nóbrega, esse será o tema em destaque, com o nome de Em redor de um Ideal, alusivo ao sonho concretizado do jovem Abel.

A Mostra Etnográfica da Camacha, ocorre em dois dias, sendo que no sábado, 13 de Julho, pelas 17,00 horas, sai o CORTEJO ETNOGRÁFICO, que se inicia na Igreja Matriz, ou igreja antiga, dá a volta ao Largo da Achada, terminando num amplo terreno, a oeste.

A concentração do cortejo no Centro, contrariamente ao que aconteceu nas edições anteriores, permite um percurso menos cansativo para os figurantes, mas também uma maior participação e interacção com o público mais concentrado.

Desvendemos um pouco este Cortejo de 500 figurantes, onde todos os grupos e instituições participantes, respeitando a época, dão asas à criatividade na construção do seu tema.

A Banda de São Lourenço e a Orquestra de Bandolins darão corpo ao tema central CAPELA DE SÃO JOSÉ/ EXTERNATO NUNO ÁLVARES PEREIRA, onde tem funcionado uma escola. Apresentam o primeiro carro alegórico.

A Secção Desportiva da Casa do Povo assume a figuração da relevante actividade daquela Vila serrana, OS VIMES. Apresentam o segundo carro alegórico.

O Grupo Romarias e Tradições apresenta a AGRICULTURA, transportando alfaias, e instrumentos relacionados com o tema muito vasto e diversificado. Apresentam o terceiro carro alegórico.

Os Veteranos da Associação Desportiva da Camacha trazem outra atividade de antanho: OS LENHADORES E SERRADORES, divulgam instrumentos e utensílios que poderão ser surpreendentes para as novas gerações. Apresentam o quarto carro alegórico.

Chegam depois as PROFISSÕES, a cargo do Grupo Folclórico Infantil e Grupo Folclórico Juvenil da Camacha: É vasta a panóplia de profissões a desfilar :o leiteiro, a florista, o «pesquito», o adelo, a azeiteira...Apresentam o quinto carro alegórico.

Não podiam faltar os JOGOS POPULARES, trazidos pelo Centro Comunitário da Nogueira, juntando gerações. Vem de seguida A FESTA DO ESPÍRITO SANTO, que o CACI interpreta com alegria e empenho.

O Grupo de Folclore do Rochão traz-nos A TASCA. lugar de encontro e memórias. Apresenta o sexto carro alegórico.

O Grupo Folclórico da Casa do Povo encarrega-se das TOSQUIAS, actividade que ainda se vai mantendo. Apresenta o sétimo carro alegórico.

O Cento Comunitário da Nogueira entra de novo em cena para apresentar os Santos Populares e mais adiante, o Pão-Por-Deus.

Ao Teatro Experimental da Casa do Povo cabe a imensa tarefa de apresentar OS VERÕES NA CAMACHA E A COMUNIDADE INGLESA.

O Grupo das Romarias Antigas do Rochão faz a FESTA DO SSS., com o famoso cortejo do fogo preso e ainda A FUNÇÃO DO PORCO, sempre muito surpreendente. Apresenta o oitavo carro alegórico.

E chega a Festa, A ROCHINHA, o Natal de vivência forte na freguesia, trazido pelo Grupo de Pastores do Vale Paraíso, e colaboração dos «pastores» da igreja. Apresenta o nono carro alegórico.

Uma palavra para o domingo, dia 14, em que, depois da Missa às 11,00, com cantares de então, a partir das 12,00, no recinto onde decorre a Mostra, todos os carros alegóricos vão apresentando o carro e fazendo animação sobre o seu tema.

Não pode esquecer-se a gastronomia presente, com os brindeiros, o macarrão a «espedir», o porco no espeto, a sopa de trigo, o bolo no caco...Os produtores e artesãos locais terão espaço para divulgarem os produtos e criações.

A Mostra Etnográfica CAMACHA DE ONTEM-MADEIRA DE SEMPRE aguarda a sua visita, o seu incentivo. VAMILHÁ!

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Há condições para o Orçamento da Região ser aprovado esta semana?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas