MADEIRA Meteorologia

Família realojada devido a derrocada na Madeira ainda não pode regressar a casa

Data de publicação
15 Janeiro 2024
12:50

A família realojada por precaução devido a uma derrocada perto da sua residência na freguesia do Curral das Freiras, em Câmara de Lobos, não pode regressar a casa enquanto não estiver concluída a limpeza no local, disse hoje fonte camarária.

“Há duas pedras de grandes dimensões que estão a obstruir a linha de água na zona e a ser alvo de desmonte. Enquanto não estiverem concluídos os trabalhos, não estão reunidas as condições de segurança para que este casal e o filho regressem à sua habitação”, explicou à agência Lusa o presidente do município de Câmara de Lobos, Pedro Coelho.

A derrocada ocorreu no sábado, na sequência do mau tempo – sobretudo forte precipitação - que afetou a costa sul e as regiões montanhosas da Madeira e bloqueou a estrada no sítio da Fajã dos Cardos, levando também a ribeira a transbordar, sem que a residência ficasse danificada ou houvesse feridos.

O autarca afirmou “não ser seguro o regresso a casa até estarem concluídos os trabalhos em curso”.

O município não tem uma estimativa de quanto tempo pode demorar. A intervenção até pode ter de ser interrompida devido às previsões de agravamento do estado do tempo na Madeira, que está sob aviso amarelo (o menos grave de uma escala de três) pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O aviso será agravado para laranja (o segundo nível mais grave) na costa sul e regiões montanhosas a partir das 00:00 de terça-feira.

Pedro Coelho referiu que o município, com o apoio de um habitante no local, “arranjou uma solução provisória, para realojar esta família, numa situação de conforto”.

Os serviços municipais estão a trabalhar no local.

No sábado, a costa sul da ilha da Madeira e as regiões montanhosas estiveram hoje sob aviso laranja relativo a chuva forte.

O mau tempo provocou várias derrocadas, inundações e quedas de galhos de árvores em diversas localidades, mas não houve registo de feridos, nem de danos materiais substanciais.

A operação no Aeroporto Internacional da Madeira também registou grandes constrangimentos durante esse dia.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem vai ganhar a Taça de Portugal?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas