MADEIRA Meteorologia

TAP: Comissão de inquérito já recebeu documentação do Governo sobre demissões

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
26 Abril 2023
21:32

A comissão de inquérito à TAP já recebeu informação do Governo com documentação sobre as demissões dos ex-presidentes da companhia aérea, confirmou hoje o presidente Jorge Seguro Sanches.

Questionado pelo deputado social-democrata Paulo Moniz, o presidente da comissão de inquérito confirmou que a documentação já chegou à comissão.

"Como estamos todos em audições, não sei o quem em que condições e com que classificação", disse Seguro Sanches.

Horas antes, o ministro das Finanças tinha afirmado que a comissão de inquérito da TAP ia ter acesso hoje mesmo a toda a documentação sobre os processos de demissão dos presidentes executivo e do Conselho de Administração da empresa.

Esta garantia de Fernando Medina foi transmitida em plenário, na Assembleia da República, num debate sobre o Programa de Estabilidade acompanhado pelas ministras da Presidência, Mariana Vieira da Silva, e dos Assuntos Parlamentares, Ana Catarina Mendes. Estas duas ministras também estiveram envolvidas da controvérsia em torno da existência ou não de um parecer jurídico que fundamenta as demissões daqueles administradores da TAP.

Questionado pelos deputados Mariana Mortágua (Bloco de Esquerda), Hugo Carneiro (PSD) e Cotrim Figueiredo (Iniciativa Liberal), o titular da pasta das Finanças respondeu: "Ainda hoje, a comissão parlamentar de inquérito [sobre a gestão da TAP] irá ter acesso a todos os documentos".

"Irá ter acesso aos documentos que solicitou da primeira vez. E aqueles que aliás não solicitou dessa primeira vez e constituem a espinha dorsal do processo de demissão dos administradores da TAP", declarou.

Nesta questão relativa ao tema da TAP, Fernando Medina considerou "deplorável a adjetivação" que ouviu nos últimos dias a propósito do envio dos documentos à comissão de inquérito.

"Deplorável de vários deputados. A ministra da Presidência esclareceu tudo", sustentou.

De acordo com Fernando Medina, os deputados, agora, "poderão ver e poderão fazer uma segunda tentativa na criação de algo que não conseguiram demonstrar na primeira vez".

"A mesma adjetivação que usaram - e que é tão imprópria na nossa vida democrática - foi derrotada na primeira vez. E será também derrotada nesta segunda vez", acrescentou.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Há condições para o Orçamento da Região ser aprovado esta semana?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas