MADEIRA Meteorologia

Navio português resgata pescadores à deriva na costa angolana

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
24 Junho 2023
14:08

O navio de patrulha oceânico da Marinha Portuguesa "Setúbal" resgatou hoje cinco homens que se encontravam à deriva numa embarcação de pesca a 60 milhas do Soyo, norte de Angola, disse fonte oficial.

Em declarações à Lusa, o comandante Caetano Silveira, responsável pela cooperação portuguesa da área da Marinha em Angola, explicou que a embarcação foi avistada na sexta-feira à noite e encontrava-se "sem propulsão", devido a uma avaria dos motores.

Os pescadores tinham saído de Luanda há dez dias e encontravam-se à deriva há cinco dias e já sem comida nem água.

"Foi encontrado por acaso", afirmou o responsável da Marinha, acrescentando que o barco não tinha meios para pedir socorro e encontrava-se fora das linhas de navegação habituais, a cerca de 120 quilómetros da costa angolana.

Trata-se de uma embarcação de pesca "muito rudimentar" e em "mau estado" com cerca de seis metros, referiu.

O navio da Marinha Portuguesa permaneceu junto ao barco durante toda a noite e reavaliou a situação esta manhã, concluindo-se que não era possível fazer a reparação do motor.

"A opção era procurar alternativas que fossem lá rebocar", o que não aconteceu, pelo que está agora a ser feita pelo "Setúbal", depois de o Comando Naval ter autorizado o reboque.

Segundo Caetano Silveira, foi solicitado à capitania do Porto do Soyo "que crie condições para finalizar a operação de reboque", que começou pelas 11:30 locais (mesma hora em Lisboa) e vai durar nove a dez horas.

Lusa

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

O presidente do Marítimo tem condições para continuar no cargo após agredir um adepto?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas