MADEIRA Meteorologia

Navalny: PCP demarca-se das opções do governo russo

Data de publicação
17 Fevereiro 2024
18:22

O secretário-geral do PCP demarcou-se hoje das opções da Rússia após a morte do opositor russo Alexei Navalny numa prisão no Ártico, onde cumpria uma pena de 19 anos de prisão sob “regime especial”.

“Estamos aqui perante mais um exemplo claro, de opções claras, que nos colocam no lado oposto daquilo que são as opções do governo russo, do governo capitalista russo”, realçou Paulo Raimundo.

Falando à margem de uma arruada da Juventude CDU em Lisboa, o dirigente comunista sublinhou que “qualquer pessoa tem direitos que devem ser concretizados seja onde for”.

Na sexta-feira, o PCP já havia defendido o “cabal esclarecimento” das circunstâncias em que ocorreu a morte de Alexei Navalny.

Alexei Navalny, um dos principais críticos de Vladimir Putin, morreu na prisão, segundo o serviço penitenciário federal da Rússia.

Navalny, de 47 anos, segundo aqueles serviços, sentiu-se mal depois de uma caminhada e perdeu a consciência.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Concorda com a mudança regular da hora duas vezes por ano?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas