MADEIRA Meteorologia

GNR registou cinco mortos em 671 acidentes nos últimos quatro dias

Data de publicação
02 Janeiro 2024
9:20

A GNR registou nos últimos quatro dias 671 acidentes, dos quais resultaram cinco mortos, 14 feridos graves e 155 ligeiros, segundo dados provisórios da Operação “Natal e Ano Novo 2023/2024” hoje divulgados.

As vítimas mortais resultaram de acidentes registados entre sábado e segunda-feira na Estrada Nacional n.º 2, em Castro Verde, Beja, na Autoestrada 23 (A23), em Vila Velha de Ródão, Castelo Branco, Na Autoestrada 1 (A1) em Vila Franca de Xira, Lisboa, e em Leiria e na EN2, em Fail, Viseu.

Em comunicado, a GNR adianta que no período entre as 00:00 de sexta-feira e as 23:59 de segunda-feira (01 de janeiro), os militares fiscalizaram 34.993 condutores, dos quais 692 conduziam com excesso de álcool e, destes, 245 foram detidos por conduzirem com uma taxa de álcool no sangue igual ou superior a 1,2 g/l (gramas por litro de sangue).

Foram ainda detidas 103 pessoas por conduzirem sem carta de condução.

Das 7.209 contraordenações rodoviárias detetadas, a GNR destaca 1.690 por excesso de velocidade, 447 por excesso de álcool, 272 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou cadeirinha.

De acordo com os dados, foram registadas 157 contraordenações foram por uso indevido do telemóvel a conduzir, 720 por falta de inspeção periódica obrigatória e 296 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.

Durante a operação, que termina hoje, a GNR irá continuar a priorizar a fiscalização sobre a condução sob a influência do álcool e de substâncias psicotrópicas, excesso de velocidade, uso indevido do telemóvel.

No sábado, em declarações aos jornalistas na Maia, Porto, o comandante da GNR Bruno Rodrigues adiantou que 17 pessoas morreram nas estradas portuguesas entre os dias 15 e 26 de dezembro (dados provisórios).

O comandante da GNR Bruno Rodrigues relatou que, naquele período, a Guarda contabilizou, na operação de Natal e Ano Novo, 2.923 acidentes, de que resultaram 15 mortes, 60 feridos graves e 832 feridos leves, tendo a PSP registado 2.202 acidentes rodoviários, dos quais resultaram duas mortes, 20 feridos graves e 653 feridos ligeiros.

Na apresentação dos números, numa zona de acesso à Autoestrada 41, na Maia, distrito do Porto, na presença do ministro da Administração Interna, o graduado da Guarda revelou ainda que foram fiscalizados 84 mil condutores, sendo que 964 conduziam com taxa de álcool superior ao permitido por lei. Destes, 488 foram detidos por apresentarem taxa igual ou superior a 1,2.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas