MADEIRA Meteorologia

Ucrânia: Kiev acusa Rússia de ter iniciado ataques de grande escala

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
20 Junho 2023
10:03

As Forças Armadas da Ucrânia indicaram hoje que derrubaram mais de 30 aparelhos aéreos não tripulados (‘drones’) lançados pela Rússia durante a madrugada acusando Moscovo de uma agressão de "grande escala".

"Começou a agressão militar russa de grande escala", refere um comunicado das Forças Armadas ucranianas publicado na plataforma digital Facebook.

O documento especifica que "o inimigo [Rússia] levou a cabo mais de 45 ataques aéreos e 70 disparos de foguetes autopropulsados a partir sistemas MLRS (Multiple Launch Rocket System)" contra posições ucranianas.

Por outro lado, segundo Kiev, nas últimas 24 horas ocorreram "45 confrontos" concentrando-se os principais esforços russos nas zonas de Lyman, Bakhmut, Avdiivka e Marinka.

Segundo a mesma nota, nestes pontos registam-se "intensos combates".

A aviação ucraniana fez 15 ataques aéreos contra concentrações de forças russas.

Posteriormente, o Estado-Maior do Exército ucraniana indicou que o "inimigo atingiu instalações militares e infraestruturas ucranianas" usando material de guerra de fabrico iraniano.

"Os lançamentos foram efetuados a partir do Mar de Azov. No total, os invasores usaram 35 ‘drones’, 32 dos quais foram destruídos pelos sistemas de defesa antiaérea", indica a nota do Estado-Maior ucraniano.

As forças da Ucrânia referem ainda que morreram 1.010 combatentes russos nas últimas 24 horas elevando para "221.460" o número total de mortos sofridos pela Rússia desde o início da invasão em fevereiro do ano passado.

Os dados fornecidos por Kiev, sobre os ataques e número de baixas russas ainda não foi verificado por entidades independentes.

Lusa

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem vai ganhar a Taça de Portugal?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas